Casa e Culinária

A sua casa está preparada para a vaga de frio?

6 Fevereiro, 2018

As temperaturas vão baixar até aos sete graus negativos durante esta semana. Saiba como pode preparar a sua casa para o frio, com conforto e segurança.

A vaga de frio que está a assolar a península ibérica durante esta semana exige maiores cuidados… e não é só quando se sai à rua. A casa também deve estar preparada para, após um longo dia de trabalho, poder resguardar-se, a si e à sua família, das temperaturas baixas.

O portal Habitat Saudável deixa várias ideias para poder transformar a sua casa num lugar acolhedor… e deixar o frio longe da porta de entrada

1 – Ventilar, ventilar e ventilar

Uma casa que não seja ventilada diariamente não é uma casa saudável. O frio exterior é pouco convidativo a abrir janelas , mas é importante deixar a casa respirar. Ao acordar, aproveite para abrir as janelas e deixar o ar circular dentro de casa

2 – Sistemas de aquecimento

Quando o frio se fizer sentir, evite sistemas de aquecimento por convecção (aquecedores de placa), que secam o ar e arrastam pó e partículas em suspensão. O ideal é optar por sistemas de radiação térmica (aquecedores com infravermelhos).

3 – Atente à humidade dos espaços

Coloque um termo higrómetro (de baixo custo) nos espaços para controlar a humidade, a qual deve estar compreendida entre 40% a 60%. Este aparelho armazena o valor mínimo e máximo alcançados em determinado intervalo de tempo e, geralmente, tem dois mostradores que permitem a visualização da humidade e da temperatura em simultâneo. Saiba onde comprar aqui

4 – Utilize um medidor de Radão

Esta é a melhor época do ano para fazer uma análise laboratorial a este gás presente no interior de nossas casas; para isso, coloque um medidor de Radão em cada piso da sua habitação. O aparelho mede a concentração do gás e, caso se conclua que os níveis estão superiores aos limites recomendados, deverá ventilar todos os espaços. Saiba onde comprar aqui

5 – Atenção à temperatura do quarto

Sabe bem descansar o corpo e a mente num quarto quente e confortável, mas é importante controlar os níveis de humidade relativa ao ar neste espaço. A temperatura ideal para dormir são 18 graus. Lembre-se que, mesmo que aumente a roupa na cama, a regra é: «pés quentes, cabeça fresca».

 

Mínimas podem chegar aos 7 graus negativos

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), as temperaturas vão continuar baixas até ao final desta semana (10 de fevereiro).  O céu vai estar geralmente pouco nublado, apresentando temporariamente períodos de maior nebulosidade, com possibilidade de ocorrência de aguaceiros fracos e pouco frequentes nas regiões Norte e Centro, e que serão de neve acima de 600/800 metros.

Nas regiões do interior Norte e Centro a temperatura mínima deverá variar entre 0 e -7 ºC, e a temperatura máxima entre 0 e 8 ºC. No restante território, a temperatura máxima deverá variar entre 10 a 14 ºC e a mínima entre 0 a 5 ºC.

partilhar | 0 | 0