Nacional


Marcantónio Del Carlo confessa: «Não chorei a morte dos meus pais»

13 Janeiro, 2018

Marcantónio Del Carlo Marcantónio Del Carlo

Convidado no Alta Definição, o ator revelou como viveu a morte do pais. Marcantónio Del Carlo dá entrevista comovente

Marcantónio Del Carlo, de 52 anos, foi o convidado do Alta Definição emitido este sábado, dia 13 de janeiro. Durante a conversa com Daniel Oliveira, o ator revelou como viveu a morte dos pais.

«Eu não chorei, no momento, a morte dos meus pais. Passado algum tempo sim. Passado algum tempo foi humano», começou por contar.

Sobre o funeral do pai, o ator contou:

«Eu e o meu irmão fizemos uma coisa. Levámos as cinzas do meu pai para Viareggio – o sonho dele era que as cinzas fossem deitadas ao mar em Viareggio [Itália].

Se calhar vai-me cair a embaixada italiana em cima, mas legalmente levámos as cinzas, não sei se foi legal atirá-las ao mar ou não. Mas, numa manhã, fui com a minha prima e o meu irmão num barquinho e atirámo-las. Foi um momento lindo».

«Cai em pranto»

Sereno, o rosto da SIC explicou: «Só passado um ano, no Natal, estava em minha casa a arrumar coisas no escritório, e vem-me uma foto do meu pai. Cai em pranto, só nesse momento é que chorei o meu pai».

Foi da mesma forma que viveu a morte da mãe. «A minha mãe morre no Brasil, não pude ir ao funeral da minha mãe. A última vez que vi a minha mãe estava a gravar em São Paulo. Foi a mesma coisa, só passado um ano. Estava a falar ao telefone com o meu irmão e quando desliguei a chamada é que chorei a minha mãe.»

Apesar de já não contar com a presença física dos progenitores, Marcantónio Del Carmo afirmou que sente sempre a sua presença.

«Eles estão sempre comigo, todos os dias eles estão comigo.»

Fotos: Impala e DR

partilhar | 0 | 0