Amor e Sexo

Diário de Maria: “A minha mulher apanhou-me com revistas masculinas”

26 Setembro, 2020

O consultório da Revista Maria relata casos reais e responde a perguntas dos nossos leitores, com a ajuda da dra. Ana Bárbara Silva.

«Sou gay, mas nunca o assumi, inclusivamente, casei e tenho um filho. Há um mês, a minha mulher apanhou-me com revistas masculinas e percebeu logo. Discutiu comigo e quer que eu saia de casa. Expliquei-lhe que quero continuar com ela e que não quero o divórcio. Agora sinto que me odeia.»

Caro leitor, compreendo que todo o estigma social que existe tenha feito com que não se sentisse confortável para fazer aquilo que realmente quer. No entanto, ser gay não é algo que deva esconder ou inibir. Não há nada de errado com a sua orientação sexual e parece-me algo injusto não poder viver de forma plena.

A psicóloga recomenda

Acho que este é um momento para refletir sobre aquilo que realmente quer. Esqueça a sociedade, o que as pessoas pensam, etc., e foque-se apenas em si. O que gostava de fazer? O que quer para a sua vida? Acho que chegou o momento de o leitor se colocar em primeiro lugar. Boa sorte!

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top