Amor e Sexo

Diário de Maria: «Descobri que tenho uma doença sexualmente transmissível»

29 Novembro, 2019

O consultório da Revista Maria relata casos reais e responde a perguntas dos nossos leitores, com a ajuda da Dra. Ana Bárbara Silva.

«Descobri que tenho uma doença sexualmente transmissível e sinto-me encurralada e triste. Sou casada há 12 anos e nunca tive relações sexuais com outro homem para além do meu marido. Isto só me leva a pensar que foi o meu marido que me transmitiu e, consequentemente, me trai. No entanto, temo tudo o que posso vir a descobrir depois de o confrontar. Para além disso, temo que vire o jogo contra mim e ache que apanhei isto com outra pessoa. Não sei como agir.» Anónimo 

Descobrir que se tem uma DST/IST implica uma adaptação a esta nova realidade e traz várias questões.

A psicóloga aconselha:

É importante agora cuidar de si, perceber como pode tratar da sua saúde. Por outro lado, contar ao seu marido esta situação seria importante, não para “lavar roupa suja”, mas porque o seu marido poderá ter esta DST e necessitará também de cuidados. A saúde é mais importante do que procurar culpados. O que importa neste momento é preocuparem-se com a vossa saúde.

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top