Amor e Sexo

«Surgiu uma nova vizinha e fizemos amor no elevador»

19 Julho, 2019

Elevador Dest

O consultório da Revista Maria relata casos reais e responde a perguntas dos nossos leitores, com a ajuda da Dra. Ana Bárbara Silva.

«Sou casada e tenho dois filhos, mas há algum tempo surgiu uma nova vizinha. Cruzamo-nos várias vezes no prédio e de repente comecei a sentir-me muito atraída por ela e num desses encontros caímos no braço uma da outra e fizemos amor no elevador. Estou aterrorizada porque desconhecia que era lésbica. Como devo agir com o meu marido e família?», M.M. – Porto

Crescemos com a crença de que «somos heterossexuais até prova em contrário» e não com a noção de que podemos ser o que quisermos e ser livres para nos envolvermos com quem quisermos. É importante ter em conta que a orientação sexual não é estanque, mas um continuum. Ninguém é 100% heterossexual ou 100% homossexual.

A psicóloga aconselha

Compreendo que não seja fácil lidar com toda esta situação. Mas é importante que se conheça e compreenda o que esta experiência significou para si e como irá afetar a sua vida familiar. É importante ponderar sobre o que considera importante na vida. Parece-me que este é o momento em que terá que tomar decisões.

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top