Amor e Sexo

Vibradores: Tire as dúvidas e escolha o mais origina!

22 Novembro, 2019

A oferta é muita e a procura também é cada vez maior. Mas na altura de levar um vibrador para a sua cama está devidamente informada? Tire todas as dúvidas e veja o que há de novo no mercado.

Antes de começar a ler este artigo, queremos deixar dois avisos: Não só tem de ter mais de 18 anos como não o aconselhamos a homens e mulheres de mentalidade fechada e que acham que sabem tudo sobre sexo.

1. É seguro utilizar vibradores?

Embora ainda exista algum receio na utilização deste tipo de objetos, não há que ter medo. Tudo o que serve para conhecer o seu corpo e melhorar a sua vida sexual pode ser experimentado.

2. E entre casais não é prejudicial?

Não. Só pelo facto da mulher explorar as suas zonas erógenas com um vibrador permite dizer ao parceiro como dar-lhe mais prazer.

3. Será que ele vai aceitar a ideia?

Perguntar não ofende. A melhor forma de demonstrarmos o que queremos é conversando. Porém, lembre-se que há homens que não acham muita piada por considerarem que a parceira arranjou um substituto para o pénis dele. Sugerimos que o convide a usá-lo em si numa noite destas.

4. Quais os cuidados básicos?

Não o partilhar com outra pessoa, pois corre o risco de contrair uma doença sexualmente transmissível, e ser limpo após cada utilização com água e sabão.

5. Posso ser alérgica?

Regra geral, os vibradores são feitos com materiais hipoalergénicos, mas se notar que é sensível ou que lhe causa irritação pode usá-lo com preservativo.

6. Quantos tipos existem no mercado?

Os principais tipos de vibradores são os de estimulação externa, interna e os que possuem as duas funções. Os primeiros são aqueles mais direcionados para o clítoris, com o formato de um bâton, por exemplo. Os segundos são usados para penetração e têm a forma de um pénis. Os que têm uma forma fálica e um mais pequeno para o clítoris são os de dupla função.

7. Onde comprar?

Hoje em dia, é fácil adquirir um brinquedo sexual sem constrangimentos. Além das lojas físicas (sex shops), pode comprar pela Internet. As entregas são feitas na sua casa, em embalagens discretas e em segurança.

8. O vibrador provoca “estragos” na vagina?

Algumas mulheres acreditam que o vibrador pode causar algum problema na elasticidade da vagina, deixando-a mais larga, porém, isso é um mito.

Agora, veja na galeria os vibradores mais ousados que encontrámos.

Leia aindaSexo depois do parto: «O medo da dor, o medo de não estar à altura, que ele não me desejasse»
Texto: Redação Win-Conteúdos Digitais; Fotos: DR e iStock

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 2 | 5

 
Top