Lua de Mel
EM BANCA

A sua revista Maria 2281 já está na banca

Na revista Maria desta semana são muitas as histórias que temos para lhe contar….

  • PUBLICAÇÃO: MARIA
  • EDIÇÃO NÚMERO: 2281
  • DATA DE PUBLICAÇÃO: 21/07/2022

Na revista Maria desta semana são muitas as histórias que temos para lhe contar.

QUERO É VIVER: NATÁLIA E GABRIEL VÃO SEI PAIS DE UMA MENINA

Desde o início da novela que a vida da psicóloga é uma confusão. O triângulo amoroso com Frederico e Gabriel não foi fácil de resolver. A psicóloga engravidou do marido, mas acabou por sofrer um aborto. Entre muitas indecisões, manteve-se ao lado de Frederico e ele acabou por violá-la. Algum tempo depois, Natália avançou com o divórcio, voltando para Gabriel. E foi aí que voltou a encontrar a felicidade. Dentro de alguns episódios, Gabriel sorri, esperançoso por Natália estar enjoada, em sinal de poder estar grávida. A psicóloga faz um teste e fica radiante ao ver que o resultado é positivo. Também Gabriel fica eufórico com a notícia, longe de imaginar que os próximos meses vão ser um grande tormento. Natália fica tão enjoada que não suporta o cheiro do namorado e nem sequer o deixa aproximar-se. Uma gravidez cheia de sobressaltos que culmina num parto cheio de peripécias. Saiba quais na Maria desta semana..

PARA SEMPRE: ANTÓNIA FOGE DO HOSPITAL

Depois de visitar a filha na prisão, Natália chega a casa e diz aos netos que a mãe deles a deixou muito preocupada. “Ela está muito assustada”, revela Natália. “Espero que esteja, porque vai ser condenada”, afirma Lourenço, cheio de raiva. A avó meneia a cabeça, num gesto de desgosto, e Joana também olha reprovadora para o irmão. “Não há muito tempo, era eu que estava atrás das grades, a pagar pelo mesmo crime, ou já se esqueceu?”, questiona o médico.

Natália cala-se, desgostosa. Entretanto, no hospital da prisão, Antónia está deitada na cama, quando se aproxima Prata, que continua fardado de enfermeiro. Ela ainda está fraca, com os comprimidos que tomou. “Até agora, as coisas correram como estava previsto. Tens tudo a postos?”, pergunta. “Sim, mas tem a certeza de que quer fazer isto?”, questiona o cúmplice. “Não tenho alternativa. O julgamento é amanhã e, com o depoimento do Xavier, a minha condenação é mais do que certa. Tudo, menos ficar aqui”, responde ela, decidida. Depois de uma fuga elaborada ao detalhe com a ajuda do cúmplice, a fugitiva julga estar a salvo. Leia toda a história na revista Maria.

FESTA É FESTA: TOMÉ QUER SER CANTOR

No  café da aldeia, o Padre Isidro, que já bebeu bastante, puxa Tomé para se sentar com ele. Desolado, o sacerdote queixa-se que a aldeia está a ir ladeira abaixo e Tomé acha que ele está a ser muito pessimista. Entretanto, Fernando chega com ar cabisbaixo e o pai de Elisabete não aguenta tanta gente deprimida. Fernando e Tomé continuam cabisbaixos a ouvir o Padre embriagado. Glória chega muito aflita e diz que precisa dele para fazer uma extrema-unção. Os maridos de Aida e São entreolham-se, deprimidos. “Começo a pensar que o prior tem razão, ó Nando…”, afirma Tomé. Os dois concordam que aquela aldeia vai de mal a pior e que os seus respetivos casamentos já conheceram dias melhores.

“As nossas vidas amoreux estão de pantanas, Tomé”, queixa-se e Fernando. “De pantanas é favor. Estão no pântano”, acrescenta o dono do café que decide começar para espantar os seus males… Fernando junta-se ao amigo na cantoria e, quando dão por eles, Tomé acha que o ideal seria tornar-se cantor e fazer uma dupla com o amigo. Descubra tudo na Maria.

LUA DE MEL: DINA SOFRE POR RENATO

Augusto repara que Dina está irritada e provoca-a. “Estás assim chateada porquê? Por causa do teu Renatinho?”, pergunta. Ela deixa-se cair numa cadeira, perto do irmão, desanimada. “O que foi, falou outra vez em divórcio?”, continua o irmão a questionar. “Ele gosta da outra…”, revela ela. “Ah, estás com ciúmes! Ok, já percebi… Mas ciúmes porquê? Deixa o gajo gostar de outra e pedir o divórcio, ele que vá para o raio que o parta, não faz falta nenhuma. Sabes uma coisa? Tenho saudades de quando éramos só nós os três. Os terríveis irmãos Cruz”, afirma Augusto. “Pois, eu queria que fossemos só dois”, refere Dina. “Dois? Então e o Cristianinho, não sejas assim”, pede o irmão.

“Eu e o Renato, sua anta! Ouve lá, esta noite não vos quero cá em casa. Quero ficar sozinha com o Renato. Combina com  o Cristiano qualquer coisa e mantenham-se afastados daqui. Ouviste?”, ordena Dina. Mais tarde, ela decide preparar um jantar romântico e arranja tudo ao pormenor, com direito a rosas e uma garrafa de champanhe. Até um vestido de noite ela decide usar mas… os planos não saem como ela gostaria. Conheça toda a história na Maria desta semana.

SEXO: REUNIÃO ENTRE AMIGAS

Imagine conhecer e comprar acessórios eróticos num ambiente privado e entre amigas, amigos e/ou casais. Diversão, originalidade e conhecimento técnico são as palavras de ordem numa reunião que nos faz lembrar quando as nossas mães se encontravam para comprar os conhecidos utensílios de plástico. O conceito adaptou-se às necessidades sexuais atuais e assim nasceu o tuppersex. Assim, mulheres, amigos e/ou casais, juntam-se para descobrir as mais recentes novidades do mundo do erotismo enquanto enriquecem a vida sexual. A Flame, uma conhecida marca de acessórios eróticos, encontrou no tuppersex uma forma divertida e descontraída de se aproximar do consumidor, promovendo, num ambiente de cumplicidade entre os participantes, o debate dos mais variados temas relacionados com a sexualidade, desde o esclarecimento de dúvidas e dicas enriquecedoras sobre a vida íntima.

Numa reunião com a Flame, cada pessoa presente tem a possibilidade de tocar, sentir e explorar artigos sexuais de elevada qualidade, assim como experimentar os produtos da linha de cosmética afrodisíaca. Sim! Porque no mundo da sexualidade e dos acessórios eróticos há muito mais do que vibradores e algemas. Tal como noutros aspetos da nossa vida, há muita evolução e frequentemente surgem novidades. Imagine uma despedida de solteira ou um jantar de amigas passado de forma lúdica e divertida, em que leva para casa algo que vai revolucionar a sua intimidade… Saiba como organizar uma reunião destas na revista Maria desta semana.

SAÚDE FEMININA: CALOR E MENSTRUAÇÃO

Muitas mulheres sentem-se mais cansadas durante a menstruação e isto é algo que se acentua com a chegada do tempo quente. Se estes sintomas tiverem tendência para agravar com o aumento das temperaturas, pode significar cansaço menstrual. Porém, existem outros fatores que podem causar cansaço menstrual, saiba quais e como combatê-los na Maria.

MODA: O BIQUÍNI IDEAL PARA O SEU TIPO DE CORPO

O que assenta bem numa mulher pode não ficar bem a outra.  Saiba que dicas ter em conta na altura de desfilar no areal mas antes descubra qual o seu tipo de corpo. Ampulheta, triângulo ou retangular? Temos a resposta para si e os modelos mais giros na Maria que já está em banca

OUTRAS PUBLICAÇÕES


29/09/2022

22/09/2022

15/09/2022

08/09/2022
revista Maria 2287
01/09/2022
revista Maria 2286
25/08/2022
PUBLICIDADE