Filhos

História real: «A minha filha trouxe ao de cima o pior de mim»

31 Janeiro, 2020

Olá! Faz de conta que me chamo Maria. Tenho 31 anos e sou mãe de uma menina de quatro anos. Foi uma gravidez planeada e tive um parto tranquilo.

A vida em casa foi, claro está, um desafio. A partir do momento em que a levei para casa começou o “para sempre”. Começou a maior aventura das nossas vidas.

Ela até não foi uma bebé muito má. Nem chorava muito, nem teve muitas cólicas. Acho que até tive sorte nesse aspeto. Mas quando chegaram os dois anos… ai aqueles terríveis dois… Começaram os dramas, as birras, os desafios!

Achei que fosse uma fase, mas não foi… Ela, como disse antes, tem quatro anos, e tudo continua… mas ainda com mais “pimenta”. As birras aprimoraram-se. E a minha paciência, por vezes, fica abaixo de zero.

Atrevo-me a dizer que a minha filha já trouxe ao de cima o pior de mim. A minha filha já me fez ser uma “Maria” diferente do que sempre fui.

Continue a ler aqui

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top