Lifestyle

A sua data de nascimento revela muito da sua personalidade! Uma especialista explica!

28 Junho, 2020

Tudo tem um significado e os números que vão surgindo no nosso caminho trazem consigo uma importante mensagem. Saiba tudo!

Já alguma vez pensou no significado que os números podem ter na sua vida? Pois é, a numeróloga Ana Sequeira esteve à conversa com a revista Maria e explicou de que forma a numerologia tem impacto e importância na nossa vida, desde o dia em que nascemos até ao momento em que completamos todos os ciclos da vida.

De que forma a nossa data de nascimento revela traços de personalidade, missões de vida ou até caminhos mais corretos a seguir? Como tem um número assim tanto poder?
A data de nascimento é o código da alma. Não nascemos ao acaso ou sem propósito por isso essa intenção da alma, quer queiramos ou não, quer estejamos conscientes ou não, vibra sempre connosco porque faz parte de nós, é completamente indissociável da nossa experiência de vida.

Através do estudo da data de nascimento conseguimos compreender as nossas experiências passadas (experiências cármicas) e os padrões comportamentais associados, conseguimos identificar o propósito desta vida e, ainda, as energias que iremos ter como ciclos de vida que nos darão circunstâncias, ambientes e oportunidades de nos desenvolvermos segundo esse propósito.

No caso do caminho de vida, que resulta da soma da data de nascimento, trata-se de uma combinação de números e energias que ressoam com o nosso interior e que revelam precisamente a intenção da alma para esta vida. Ao mostrar o nosso potencial, mostra também os caminhos para os quais vamos tender para que ganhemos consciência do que realmente somos capazes. Por muito que resistamos, pois temos sempre o livre arbítrio, na verdade a vida irá encaminhar-se de nos mostrar aquilo que é necessário para que compreendamos a nossa função.

Exemplo prático

Supondo que nasceu a 30 de março (mês 3) de 1982:

Cálculo de dia e mês: 30+3 = 33 = 3+3 = 6

Cálculo do ano: 1982 = 1+9+8+2 = 20 = 2+0= 2

Cálculo final: 6 (dia e mês) + 2 (ano) = 8

 

É possível que exista um número específico que atraia a nossa atenção? O que é que significa?
Tal como o número 13, por exemplo.
Sim, é bastante possível. Os números traduzem energias de vida. Acredito, até porque já tenho comprovado isso na minha experiência pessoal, que os números nos podem transmitir mensagens, muitas vezes associados a períodos pelos quais estamos a passar ou situações em concreto que estamos a vivenciar. Nesses momentos, opto por perceber a energia do número e tentar relacionar com o que se está a passar na minha vida e, por norma, é bastante revelador e orientador.

No caso do número 13, que é, de facto, habitualmente associado ao azar, em termos numerológicos o seu significado está longe desse conceito. Trata-se do número do renascimento, da transmutação e transformação das nossas estruturas internas. Claro que para renascer existe sempre uma parte de nós de que nos temos de libertar, mas, geralmente, tem muito mais a ver com processos internos do que com a morte física.

 

De um a dez o que significa ou representa cada número?
Em palavras-chave temos:
1– O primeiro, o pioneiro, o criativo e original. Simboliza também os começos ou recomeços.
2– O diplomata, o empático, o sensível e conselheiro. É também a energia da dualidade e dos relacionamentos.
3– O comunicativo, o criativo, o entusiasta e o social. Relaciona-se também com a imagem, a exposição e autopromoção.
4– O construtor, o organizado e estruturado. Relaciona-se com a capacidade prática, com o dever e o trabalho.
5– O progressista, expansionista e fora do convencional. É também o número da liberdade, das mudanças e dos prazeres mundanos.
6– O cuidador e o responsável. Relaciona-se com as energias da aceitação, da partilha e da família ou comunidade.
7– É o investigador e o professor. Relaciona-se com as energias da reflexão, do conhecimento e da verdade.
8– É o empreendedor, gestor e visionário. É também o número da abundância, do poder pessoal e da valorização.
9– O último da caminhada, integra em si as energias dos números que o antecedem. É o humanitário. Traduz-se na energia do amor incondicional, na universalidade e da integridade.

Texto: Marisa Simões

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 7 | 16

 
Top