Notícias e TV

Amar Demais: Ema descobre que Joana é sua filha e deixa Célia a sangrar no chão

29 Novembro, 2020

Em Amar Demais, após confrontar a irmã de Estela sobre a troca de bebés, a amada de Zeca agride-a com violência, deixando-a no chão a sangrar.

Os próximos episódios de Amar Demais, da TVI, vão ser marcados por grande emoção. E tudo graças à entrada na história da personagem de Ana Saragoça – Corália –, uma açoriana e amiga dafamília de Zeca, que vai contribuir para a descoberta da verdade com que Ema sempre sonhou: encontrar a filha
viva. Assim, em Lisboa, Joana conta a Corália que Ema também é do Faial e era filha da Maria do Socorro. Ela fica espantada, pois conhecia a família.

A jovem revela-lhe a história de Ema e conta-lhe que chegaram a pensar que ela podia ser sua filha e que Célia tinha trocado as bebés. Nesse momento, Corália recorda-se do terramoto e de ter visto uma pessoa com um bebé inanimado. Mais tarde, Ema encontra Corália e esta diz-lhe que se lembra dela, mas pensou que tinha morrido no sismo.

A mãe de Zequinha refere que estava em Lisboa e que, se não fosse isso, talvez a sua filha estivesse viva. Corália volta a recordar o momento em que viu Célia trocar as bebés, sente-se mal, mas tenta perceber mais acerca da história de Joana poder ser filha de Ema. Esta explica-lhe como chegou a essa possibilidade, mas descartou-a depois de ter feito um teste de ADN que deu negativo.

Mais tarde, Corália pede o contacto de Ema a Zeca. Prepara-se para ligar, mas acaba por desistir. Depois
liga a uma amiga e pergunta-lhe como é que pode enviar uma mensagem anónima. Mais tarde, Joana conta ao amigo de Ulisses que Ema recebeu uma mensagem a dizer-lhe para não desistir de procurar a filha e que estava na pista certa. Ele percebe que a jovem pode ser sua filha, só não entende como é que o
resultado do teste de ADN deu negativo. Joana diz-lhe que Célia pode ter adulterado o teste e por isso fizeram um novo teste. A jovem mostra-lhe o vídeo, onde se vê Célia a empurrar Ema e a levar a mala dela. Zeca fica espantado e acha que ela pode mesmo ter trocado a amostra.

Ema perde as estribeiras com Célia

Ema e Joana já não conseguem pensar em mais nada. A ex-mulher de Raul confessa que sempre houve algo dentro dela que lhe dizia que havia uma ligação muito forte entre ambas. Joana afirma que só resta
esperar. Assim, passados três dias, as duas saem do laboratório com o resultado do teste de ADN na mão, mas sem coragem de o abrir. Vanda pega no envelope e abre-o. Revela que são mãe e filha, e elas ficam imóveis e a chorar. Abraçam-se e estão muito emocionadas. Joana diz que nunca mais quer ver a mãe e que quer ir contar a novidade a Fred.

No dia seguinte, Ema vai a casa de Célia e diz que precisam de falar sobre Joana. A irmã de Estela responde que já não tem paciência para aquele assunto e tenta descredibilizá-la, revela-lhe que já sabe
de tudo e mostra o resultado do novo teste de ADN. Célia engole em seco e acusa a rival de querer ficar com a filha à força. Sugere que ela pagou a alguém na clínica para adulterar o resultado.

Ema afirma que já sabe de tudo e não admite que a rival continue a tentar enganá-la. Esta mantém a
sua versão e volta a acusá-la de lhe querer roubar a filha. A ex-mulher de Raul descontrola-se e esbofeteia
a irmã de Madalena por todas as mentiras que lhe disse. “Roubaste a minha filha… És um monstro”. Célia fica caída no chão a chorar, arrasta-se pelo chão, tira uma foto à sua cara e envia uma mensagem a Estela. Desespera por estar prestes a perder Joana.

Perda de memória

Estela tenta falar com a irmã, mas não consegue. Liga a Corália, conta que Ema já sabe a verdade e que Célia lhe enviou uma foto com a cara desfeita. Acha que foi a amiga de Vanda que lhe fez aquilo. Já Célia
limpa as suas feridas e chora de dor e humilhação. Minutos depois, Ema conta a Joana que foi visitar Célia e as coisas não correram muito bem. Assume que se descontrolou e deu-lhe uma sova. A jovem fica boquiaberta e Ema acha impossível Estela não saber de nadasobre a troca de bebés, já que sempre morou com a irmã. Joana decide ir falar com a tia e esta acaba por confirmar-lhe que Célia trocou mesmo as bebés, mas fê-lo num ato de amor, pois tinha acabado de perder a filha e viu uma bebé a chorar por socorro.

Estela diz que, se não fosse a irmã, Joana não teria sobrevivido. A jovem quer saber por que motivo ela nunca lhe contou a verdade. Estela confessa que tentou, mas Célia atacou-a e foi parar ao hospitalem coma e, depois de acordar, perdeu a memória. Joana vai ter com Ema e conta-lhe que conseguiu falar com Estela. Revela que ela confirmou a troca de bebés, mas que a história é muito pior do que pensavam.
Ema ouve o relato dos acontecimentos, emocionada.

Expulsa de casa

Entretanto, Estela avisa Célia que Joana não vai querer falar com ela, mas esta mostra-se determinada em ir ter com a jovem. Célia pede-lhe para a ouvir, nem queseja a última vez. Joana afirma que já
ouviu o que tinha a ouvir sobre aquela história, mas a irmã de Estela tenta apelar ao sentimento e
lembra que, se não fosse ela, talvez Joana não sobrevivesse. Esta agradece o que ela fez, mas isso não muda o mal que provocou a Ema. A jovem fica chocada quando Célia diz que às vezes se arrepende de a ter tirado das ruínas.

A irmã de Estela pergunta-lhe se estaria assim tão empolgada com a nova mãe caso ela fosse pobre. Joana fica ofendida e Célia acusa-a de ser interesseira e de estar a aproveitar a possibilidade de ser filha
de Ema para poder competir com Diana. Joana não quer acreditar nas coisas que ouve, expulsa-a
de casa e revela que nunca mais a quer ver. Arrasta Célia até à porta e esta percebe que perdeu por completo o controlo da situação. Profetiza que um dia Joana ainda se vai arrepender do que lhe está a fazer, mas depois vai ser tarde demais.

Leia mais
Ana Varela – Atriz de Amar Demais compara morte trágica da mãe à de Pedro Lima

Texto: Mário Rui Santos; Fotos: TVI

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 3 | 2

 
Top