Nacional

Ana Rita Clara integra elenco de série internacional: «Fiquei muito feliz»

9 Junho, 2019

Ana Rita Clara integra o elenco da série policial alemã Der Lissabon-Krimmi, do qual faz também parte Carlos Areia. Leia a nossa entrevista à apresentadora.

Ana Rita Clara faz parte, juntamente com Carlos Areia, do elenco da série policial alemã Der Lissabon-Krimmi, co-produzida pela AG Filmes, realizada por Jens Wischnewski e cuja ação é ambientada em Lisboa.

Depois das primeiras experiências no mundo da representação – participou nas novelas Poderosas (2015) ou Dancin’ Days (2012), por exemplo -, esta é a estreia da apresentadora de Faz Sentido, da SIC Mulher, na ficção internacional.

Em entrevista ao site da Revista Maria, Ana Rita Clara fala sobre esta oportunidade.

Como surgiu este convite?
Fui chamada para um casting em Lisboa, seguido da aprovação do realizador e da produtora alemã. Fiquei muito feliz quando recebi o telefonema a dizer que me tinham aceitado.

E como correu esta experiência como atriz?
Foi maravilhosa a experiência! Sobretudo pela internacionalização enquanto atriz, que se sentia em tudo, desde o processo de filmagens (em português, alemão e inglês), até às equipas e as suas formas de trabalhar. Sinto que evolui enquanto atriz e trouxe amigos comigo.

Gostava de se dedicar mais a esta área da representação?
Gosto muito de trabalhar como atriz e nunca o escondi. Mas a televisão também me preenche muito. São ambas áreas que fazem parte de mim e da minha forma de comunicar com o Mundo.

Qual era o projeto que mais gostava de fazer nesta área? Gostava, por exemplo, de entrar numa telenovela de prime time?
Como atriz, gostava de continuar a trabalhar, crescer e ter oportunidade de interpretar diversas personagens. Estou preparada para novos desafios, seja em telenovelas prime time ou qualquer outro projecto.

Vimos que esteve no Brasi em trabalho, mas também aproveitou para visitar algumas estações televisivas. Como surgiu esta oportunidade de ir ao Brasil? E aos canais de televisão locais?
Tive o convite para moderar um painel no Fórum Internacional 10 Mulheres que Deve Ouvir, da Federação de Mulheres Empreendedoras e Empresárias da CPLP, em São Paulo, que foi uma honra e um sucesso. Estive rodeada de mulheres fantásticas, de sucesso mundial e verdadeiramente inspiradoras. E nesse seguimento tive reuniões e conexões com marcas e canais de televisão. Foi uma viagem muito enriquecedora.

Calculo que queira voltar em breve.
Sempre gostei muito do Brasil, já tinha ido outras vezes, mas nunca tinha estado em São Paulo. Sempre senti ligação com esse país tão especial e foi muito bom descobrir esta cidade que é única e nunca dorme.

O que mais a fascina no Brasil e no povo brasileiro?
No Brasil, gosto muito da vibração que se sente no ar. E o povo brasileiro é ágil das mais diversas maneiras e coloca energia boa em tudo o que faz. São muito atenciosos, com uma capacidade de resistência e um optimismo muito fortes e eu identifico-me com isso.

Já tem data prevista para o seu regresso ao Brasil?
Ainda não. Tenho muito para descobrir nesse País maravilha! Mas também amo muito o nosso Portugal e é sempre bom regressar a casa.

Texto: Sofia Santos Cardoso; Fotos: reprodução redes sociais

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top