Nacional

As infâncias trágicas de Bruno e Tatiana: «No dia em que fiz 2 anos, o meu pai foi preso»

6 Dezembro, 2019

Numa conversa conjunta com o especialista Fernando Mesquita, Bruno e Tatiana de Casados à Primeira Vista descobrem que tiveram infâncias idênticas.

Homens e mulheres de Casados à Primeira Vista 2 partilham memórias de infância a poucas semanas da decisão final. E se uns têm momentos felizes para contar, outros relembram tragédias e dor. É o caso de Bruno e Tatiana, que viveram infâncias igualmente duras.

Em conversa conjunta com o especialista Fernando Mesquita, o comercial de Vila Conde conta que tem uma relação «muito forte» com a mãe. «O meu pai aparecia, desaparecia. Nunca tive um pai presente na minha vida. Tive pai só até aos 7 anos. Depois emigrou e aparecia quando lhe apetecia», relembra Bruno.

Tatiana revê uma fotografia da infância na qual surge com a mãe e revela quão duros foram os seus primeiros anos de vida. «Nessa altura, o meu pai já nos tinha deixado. O meu pai simplesmente desapareceu. No dia em que eu fiz 2 anos ele foi preso. Eu e a minha mãe éramos muito ligadas».

«Estou com a cabeça erguida»

A enfermeira de Santa Maria da Feira revela ainda que, quando o pai foi preso, a mãe viveu um grave problema de saúde. «Nessa altura, a minha mãe estava com cancro. Ela pediu ao meu pai se ficava comigo se lhe acontecesse alguma coisa. Ao que ele disse que não. E a minha mãe disse que nunca me iria ver num orfanato e que ganhou uma força do outro mundo e conseguiu superar a doença», conta Tatiana.

A enfermeira explica que não tem mágoas do passado. «Eu podia ter-me tornado uma pessoa amarga e agarrada ao passado. A dizer mal das pessoas que me deitaram abaixo. Mas hoje em dia eu passo por essas pessoas e estou com a cabeça erguida».

Bruno explica que tiveram infâncias muito semelhantes. «Tivemos muitas dificuldades mas tivemos uma super mãe».

Texto: Raquel Costa | Fotos: SIC
VEJA AINDA: Até a vaca e o burro lá estiveram! Concorrentes de Casados formam presépio humano [vídeo]

 

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top