Nacional

Ator João Mota aposta em nova área profissional para “fazer a diferença na saúde mental”

31 Julho, 2021

João Mota decidiu apostar na formação profissional numa área fora da representação. Feliz com a sua decisão, o ator cumpre assim uma promessa.

João Mota faz nova aposta no plano profissional. Terminadas as gravações da novela A Serra (SIC), na qual dá vida a Nicolau, o ator resolveu apostar na formação mas, desta vez, fora da representação. Concretizando um sonho antigo, o algarvio, de 30 anos, inscreveu-se no ensino superior para frequentar a curso de Piscologia.

“Meu menino. Prometi-me, quando te foste, que, um dia, iria fazer a diferença, na saúde mental do mundo. Hoje, inscrevo-me na Licenciatura de Psicologia, em regime pós-laboral”, começou por escrever João Mota, na legenda de uma fotografia, sem identificar a quem se se destinavam as suas palavras.

“Vou aprender para um dia poder fazer parte desta gente tão especial que torna o mundo num lugar mais feliz”, concluiu, visivelmente satisfeito. Após a partilha, foram muitos os rostos conhecidos que deixaram uma mensagem de força através de emojis, caso de Pedro Hossi, Miguel Costa, Catarina Gouveia, Carla Andrino – que também é licenciada em Psicologia, e Jani Gabriel.

João Mota, um homem “inseguro”

Em maio, João Mota foi convidado de Daniel Oliveira no programa Alta Definição, da SIC e admitiu ser um homem “muito inseguro” algo que explica ter tido apenas duas namoradas na vida, uma delas a também atriz Mariana Monteiro.

O namoro entre os dois chegou ao fim em agosto de 2019, depois de sete anos de relação e apesar de não falar diretamente da atriz, João Mota não se inibiu de fazer um sentido desabafo sobre o amor.

“Aprendi que não há relações para sempre, mas há pessoas para sempre. As memórias, aquilo que imprimes no outro e isso vai de como tu te deixas ser amado e como tu amas o outro. O mais difícil é construir o amor. Não há amor à primeira vista, para mim. Há paixão à primeira vista, o amor depois é uma construção e essa construção muitas vezes é desconstruíres-te para construíres algo com alguém, isso é amor. Claro que não é mudar a tua essência, mas tem de haver ajustes”, disse. Leia mais aqui.

Texto: Carla S. Rodrigues; Fotos: Redes sociais

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top