Nacional

Big Brother gravou abuso sexual a concorrente e pediu à vítima para não fazer denúncia

22 Novembro, 2019

Carlota Prado foi abusada por José Maria Lopéz no reality show espanhol. O caso está em tribunal e foram agora divulgados pormenores da agressão.

No Big Brother espanhol, a 3 de novembro de 2017, Carlota Prado foi alegadamente abusada sexualmente pelo colega de casa José María López. O concorrente foi expulso e o caso está em tribunal. Agora, o jornal online El Confidencial divulga pormenores do que aconteceu naquela noite.

De acordo com a publicação, Carlota, que não se apercebeu de nada, foi alertada pela produção para o sucedido logo no dia a seguir. Foi chamada ao confessionário e confrontada com o vídeo da suposta agressão.

Nas imagens, podem ver-se os dois deitados na cama e a concorrente quase a dormir. «Olha para mim», disse José Maria. Carlota respondeu «não» duas vezes e o rapaz pediu-lhe para tirar a camisola. A jovem acede porque, conforme disse mais tarde em tribunal, estava com calor.

Pouco depois, começa a ouvir-se uma respiração profunda e agitada, presumivelmente a de José Maria. O que acontece a seguir não é percetível, mas à medida que vai vendo as imagens, Carlota fica em choque e começa a chorar.

José Maria foi expulso do reality show por «conduta intolerável» e a produção denunciou o caso à Guardia Civil como «um relacionamento sexual não consensual».

VEJA AINDA: Reality Shows: Casos polémicos de abuso sexual

Produção pediu silêncio à concorrente

De acordo com o El Confidencial, quando Carlota foi chamada ao confessionário no dia 4 de novembro, não sabia o que a esperava.

Foi confrontada com os vídeos e não consegui acabar de ver as imagens. «Por favor, pare já, por favor», pediu, visivelmente consternada. «Paramos quando quiser, Carlota. Achamos que tem de ver, mas como quiser», responderam-lhe.

A concorrente pediu para lhe levarem algo que a acalmasse e afirmou que queria sair do programa. «Não quero falar com a psicóloga, quero falar com os meus amigos aí de fora. E preciso que me assegure que o que eu vou dizer não vai sair, porque, como é evidente, vou falar sobre isso».

A este seu pedido, a produção pede-lhe silêncio: «Carlota, este assunto, por José Maria e por si, para o bem de ambos, não deve sair daqui».

Texto: Patrícia Correia Branco; Fotos: reprodução redes sociais

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top