Notícias e TV

Concorrentes do Love on Top envolvidos em agressões

2 Março, 2018

Concorrentes de Love On Top veem nome envolvido em agressões a jovem, no exterior de discoteca lisboeta.

Rui Rodrigues, Bruno Esteves e Rodrigo Morganti estão a ser associados à agressão brutal de que foi vítima André Leão, de 23 anos. O episódio de violência aconteceu no parque de estacionamento da discoteca Docks, na madrugada de 28 de fevereiro.

De modo a perceber como tudo aconteceu e quem são, realmente, os envolvidos nas agressões que resultaram no coma de André, entrámos em contacto com o cunhado do jovem agredido, Henrique Pereira.

«Acredito que desconversas e bate-boca, resultado de algum excesso de álcool, sejam o motivo» começa por contar.

Quando questionado sobre a identidade dos agressores, o cunhado de André é direto. «O [Bruno] Esteves e o Rodrigo não estão envolvidos. Estavam dentro da discoteca Docks mas saíram primeiro de tudo acontecer».

Os nomes de Bruno Esteves e Rodrigo Morganti foram associados a esta agressão devido à publicação de uma fotografia nas redes sociais onde surgia André e Bruno Esteves. Morganti estava na discoteca com Bruno Esteves.

Quem parece não estar fora do leque dos agressores é Rui Rodrigues. «Quando eles [Rui Rodrigues e André] saíram da discoteca até chegaram a tirar fotografias antes de irem para o parque de estacionamento. Lá, segundo testemunhas, o Sandro [outro dos alegados agressores] estava só a provocar e houve ameaça de tiros», começa por contar.

Num vídeo facultado por Henrique, alegadamente partilhado por Rui Rodrigues nas redes sociais, é possível ver André, visivelmente alcoolizado, a dizer «dá-me um tiro» no exterior da viatura onde se encontravam Diego, o condutor, Sandro e Rui Rodrigues.

Veja o vídeo:

 

A troca de insultos subiu de tom e, segundo Henrique, diz ser possível ver nas câmaras exteriores da discoteca a que teve acesso, «Rui sai da viatura e dá um soco ao André que cai no chão. De seguida o Sandro pontapeia-o». O cunhado do jovem confirma que Diego não esteve envolvido nas agressões, apenas conduziu a viatura “em fuga” após a agressão.

Jovem está em coma induzido

A agressão resultou em várias mazelas para André, que se encontra em coma induzido, no Hospital São Francisco Xavier, em Lisboa, depois de ter sido sujeito a uma operação. Dois coágulos de sangue na cabeça, o crânio rachado e o maxilar deslocado são algumas das consequências físicas da agressão.

Tentámos contactar Rui Rodrigues mas, até ao momento, não foi possível obter qualquer resposta.

Nas redes sociais o jovem nortenho fez uma publicação onde refere não estar envolvido nas agressões, dizendo:

«Venho por este meio comunicar que eu nada fiz e que não vão sujar a minha imagem só porque conheceram o “Rui” no meio de uma confusão. Da qual até separei. As melhoras para o André.»

Agressões na noite lisboeta

No espaço de um mês, este é o segundo caso de agressão que envolve ex-concorrentes de Love On Top. No passado dia 26 de janeiro, Marco Magalhães foi brutalmente agredido por um grupo de jovens, também no exterior da discoteca Docks, devido a alegado mal-entendido no interior da discoteca.

O jovem, de 26 anos, encontra-se a recuperar favoravelmente da agressão que lhe causou mazelas físicas e psicológicas.

Texto: Marisa Simões Fotos: Reprodução Facebook

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top