Nacional

Diário de Maria: «Devo dizer-lhe que não sou tão endinheirado?»

5 Dezembro, 2019

O consultório da Revista Maria relata casos reais e responde a perguntas dos nossos leitores, com a ajuda da Dra. Ana Bárbara Silva.

«Acho que gasto mais do que devia em compras de tecnologia. Quero estar sempre na vanguarda e mostrar aos meus colegas que tenho tudo. Conheci, agora, uma rapariga e tenho-a levado aos melhores restaurantes. Nunca gasto menos de 100 euros quando saio com ela. Mas tenho medo que, quando descobrir que a nossa vida não poderá ser sempre assim, acabe comigo. Devo abrir já o jogo e dizer-lhe que não sou tão endinheirado?», G. G. – Porto

Acho que a primeira coisa que deve perceber é que as coisas materiais e o dinheiro não o definem.

Ter objetos topo de gama tecnológicos não faz com que tenha mais valor.

A psicóloga aconselha

Quero que olhe para si, faça uma introspeção e compreenda o que o leva a viver acima das suas possibilidades.

O que sente que tem de compensar quando compra essas coisas ou quando leva a sua namorada a restaurantes muito caros?

Acho que a base de uma relação é a honestidade. Se desde o início não demonstra uma atitude sincera com a sua parceira, é difícil criar confiança, elemento fulcral nas relações.

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top