Internacional

Irmã de Mariah Carey tentou vender cantora a um chulo depois de a drogar

26 Setembro, 2020

Mariah Carey

Mariah Carey faz revelações sobre a conturbada relação que mantém com a irmã, Alison, que tentou drogá-la e vendê-la na infância da cantora.

Mariah Carey é uma caixinha de surpresas. A cantora esteve à conversa com Oprah Winfrey sobre a sua nova biografia, O Significado de Mariah Carey, que vai ser publicada esta semana, no dia 29 de setembro, e acabou por fazer revelações sobre a difícil relação que tem com a irmã mais velha, Alison.

Em desabafo com a apresentadora, no programa Oprah Conversation, da Apple TV, a artista, de 50 anos, revelou que, quando tinha 12 anos, a irmã tentou drogá-la e vendê-la «a um chulo.»

«Quando eu tinha 12 anos, a minha irmã drogou-me com valium, ofereceu-me uma unha cheia de cocaína, deixou-me com queimaduras de terceiro grau e tentou vender-me a um chulo», leu Oprah na nova biografia da cantora.

Leia ainda: Ruben Rua trama Cristina Ferreira: Apresentador fala em reunião da TVI quando ela estava na SIC

«Não nos conhecemos bem… nem sequer crescemos juntas. Eles [os irmãos] já andavam nas viagens deles quando eu nasci. Já tinham os seus traumas. É a minha opinião. Mas, volto a dizer, eu não estava lá», acrescentou Mariah Carey, visivelmente emocionada.

A cantora explicou que sempre se sentiu «deslocada» dentro da própria família, afirmou que se refere aos irmãos como «ex-irmãos» e que não trata a mãe por «mãe», mas sim pelo seu nome, Patrícia.


«Assim que caí neste mundo, senti-me literalmente uma marginal dentro da minha própria família […] eles cresceram com a experiência de viver com um pai negro e uma mãe branca, enquanto família. Eu vivi maioritariamente com a minha mãe, coisa que eles viram como mais fácil. Na realidade, não foi. Sempre acharam que a minha vida tinha sido mais fácil…», findou.

Texto: Mafalda Mourão; Fotos: D.R. e Reprodução Redes Sociais

 

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top