Nacional

Bernardina Brito junta namorado e Tiago Ginga para batizado dos filhos | FOTOS EXCLUSIVAS

20 Julho, 2019

Um dia depois de ter completado mais um aniversário, Bernardina entrou na igreja, não para casar, mas sim para pedir para os filhos a bênção de Deus.

«Sempre achei importante batizar os meus filhos. Há dois anos que queria ter feito isto, mas só agora foi possível», disse-nos Bernardina Brito no dia seguinte ao seu 26º aniversário. «Este era um sonho que eu tinha e hoje concretizei-o. O meu grande objetivo está cumprido», afirma sorridente. A dificuldade de dar este passo estava, claro, no impasse que viveu com o pai do primeiro filho, Tiago Ginga.

É que quando batizasse KyaraBibi queria fazer o mesmo com o irmão mais velho. «Eu e o Tiago conseguimos chegar a um entendimento e com os problemas sanados é mais fácil fazer estas coisas», diz, feliz por ter o ex-namorado presente no momento da cerimónia do batismo e almoço de festa. «Era muito importante para mim ter os pais dos meus filhos neste dia. O Kevim merece que o pai o acompanhe nesta data especial, tal como a Kyara tem o pai dela aqui. O Tiago deve ser sempre uma referência para o Kevim, embora tenha sempre o pai Pedro por perto», afirma a loirinha.

«Eu acho que era muito importante o Tiago estar aqui hoje. Não faria sentido de outra forma e ainda bem que assim é», diz orgulhosa da relação que mantém com o ex. Já Tiago, um homem de poucas palavras durante todo o evento, garante que o filho estará sempre em primeiro lugar. «Tudo o que faço, faço pelo meu filho e ele merece ter-me aqui ao lado dele», diz-nos o rapaz querendo apenas aproveitar o momento de festa ao lado do filho, Kevim, de quatro anos.

«O Pedro é um excelente pai»

Bernardina escolheu a igreja de Oeiras para batizar os filhos, Kyara, de quase dois anos, e Kevim de quatro. Os meninos chegaram com Bernardina, visivelmente bem-disposta e Pedro, o companheiro da ex-concorrente da Casa dos Segredos. Já na igreja a missa correu muito bem com o menino a ter um destaque pelo comportamento exemplar. «Não estava nada à espera que ele se portasse tão bem. Esteve sempre muito atento e quieto, o que é ótimo», disse-nos a mãe babada. «A Kyara também se portou bem, mas estava com mais sono. Foi mais complicado», acrescenta a mamã entre gargalhadas.

O mais difícil foi planear um dia destes. «São duas crianças e senti sempre que os dois mereciam ter pormenores seus na festa, por isso organizar tudo foi difícil. Foi uma loucura, mas correu tudo bem, dentro daquilo para que trabalhei. Mas felizmente tive muita ajuda por parte do Pedro. Ele é um excelente pai e ajuda-me em tudo o que tenha a ver com os meninos, tanto como a Kyara, como com o Kevim. Ele não faz distinção entre os meninos. Apesar do Kevim não ser filho dele, é uma prioridade do Pedro também», admite feliz.

Apesar de ser uma mulher de fé, assim como toda a família, sobretudo a mãe, Rosa Branca, Bernardina não se vê entrar na igreja tão depressa. Quando o assunto é casamento, Bibi não se mostra assim tão decidida. «Não vou casar. Pelo menos acho que não vou casar. Sinceramente esse deixou de ser um sonho antigo de menina. A realidade neste momento é outra. Dou mais valor ao que vivo dentro de casa com o Pedro, do que ao casamento», começa por dizer.

«Para mim o importante é haver respeito e compreensão entre nós enquanto casal. De que vale casar, assinar um papel e depois as pessoas traírem ou tratarem-se mal? Prefiro dar valor ao que tenho com o Pedro, que é respeito, do que casar só porque sim. Não precisamos do papel», diz. «E acho que o Pedro acha o mesmo que eu. Ele não faz questão nenhuma de casar. Conhecendo-o como o conheço não vem daí nenhum pedido de casamento. Para além disso, para quê gastar tanto dinheiro?», termina, divertida.

Texto: Catarina Martins; Fotos: Tito Calado

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top