Nacional

Vítima de bullying, Fátima Lopes defende-se do agressor: «Bela coça que te dei»

17 Setembro, 2020

Fátima Lopes contou que, durante a infância, já depois de regressar a Portugal vinda de Moçambique, foi vítima de bullying na escola.

Fátima Lopes já sofreu de bullying. Foi quando regressou a Portugal depois de ter vivido em Moçambique. Na escola, a apresentadora de A Tarde É Sua, da TVI, era vista como uma «retornada», o que a levou a vivenciar momentos menos agradáveis no convívio com os colegas.

As razões, explana, eram variadas, desde a forma como se vestia até aos hábitos «um bocadinho diferentes», passando pelo facto de falar um português «não muito correto».

 Fátima: «Fui às trombas do agressor»

Nada que a própria não tivesse ‘resolvido’: «Fui às trombas do agressor, porque era um rapaz. Ele deve-se lembrar. Eu lembro-me bem. Bela coça que eu te dei», contou Fátima Lopes na rubrica Lado Sombra, na Rádio Comercial.

O bullying, refere ainda Fátima Lopes, tinha já tido expressão na sua chegada àquele país africano «porque era branca». «Tive a intervenção de um professor moçambicano, maravilhoso. Parecia o Samora Machel, que teve uma conversa com as crianças e que lhes explicou que a única diferença era a cor da pele», contou.

Leia mais
Sofia Cerveira perde 5 quilos num mês e explica o que fez: «Sinto-me tão mais saudável!»

Texto: Ana Filipe Silveira; Fotos: DR

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top