Nacional

Nuno Markl é chamado de “feio” ao lado da namorada: “A rapariga é gira, mas precisa de óculos”

8 Abril, 2021

Nuno Markl partilhou uma foto com a namorada e foi alvo de comentários desagradáveis. O radialista não se calou: "Uma pessoa tem de ensinar boas maneiras"

Nuno Markl partilhou uma fotografia ao lado da namorada e muitos foram os que elogiaram o recém-casalinho. Com vários corações à mistura, houve também quem disparasse com palavras menos simpáticas. “Nestes comentários só se pode dizer que é um casal lindo porque há censura”, lê-se numa mensagem partilhada pelo radialista na rede social Instagram.

Mas esta não foi a única situação desagradável. “A rapariga é gira, mas precisa de óculos. Gosto do humorista, mas do homem…”

Markl não se fez rogado e respondeu educadamente. “Não é uma questão de censura, minha senhora. Tem só a ver com a educação que os seus pais lhe deram e, que neste caso, me parece que terá sido um bocadinho deficiente, caso contrário não teceria juízos sobre a aparência de pessoas que não conhece. Suponho que seja daquelas pessoas que diz: ‘Ah, eu sou assim muito frontal'”, escreveu.

E continou: “Na verdade, ser frontal não é chamar feio a alguém. Imagine que alguém na rua lhe dizia. ‘Bolas, o seu marido precisa de óculos. Você é capaz de ser boa pessoa, mas enquanto mulher…’ De certeza que, não só não iria gostar, como iria questionar se aquilo fora frontalidade ou apenas má criação. Aliás: creio que não iria questionar nada. Possivelmente diria apenas ‘que tipo tão malcriado’. É exatamente o que acontece aqui, percebe?”.

Nuno Markl: “A tradicional confusão entre ser frontal e ser malcriado”

Em alusão às imagens partilhadas, Nuno Markl escreveu algo como legenda, que mereceu o aplauso de muitos seguidores. “De vez em quando uma pessoa tem de ensinar boas maneiras e explicar a tradicional confusão entre ser frontal e ser malcriado. Sinto que é serviço público”, lê-se.

“Exatamente! Há uma ideia generalizada que ser frontal é bom. Ser educado é muito melhor. E são coisas distintas!”, escreve a jornalista da RTP, Diana Bouça-Nova. “Tu tens muita paciência… desculpa lá”, atira Rita Marrafa de Carvalho.

“Engraçado como as pessoas gostam de filtrar a água que bebem, mas não as palavras que dizem. E não é uma questão de censura. Apenas de saúde, escreve uma seguidora.

“Assim como existe uma forma de denunciar uma fotografia por contexto sexual (entre outros) devia existir o mesmo para denunciar comentários destes”, continua outra.

Veja as mensagens na nossa galeria.

Texto: Andreia Costinha de Miranda; Fotos: Reprodução Instagram

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top