Nacional

Roberto Leal sobre a perda de visão: «Comecei a ver com os olhos da alma»

7 Janeiro, 2019

O cantor luso-brasileiro esteve esta segunda-feira de manhã no Você na TV e falou sobre como lidou com um cancro de pele.

Descobriu que tinha um melanoma há dois anos, mas só agora decidiu falar publicamente sobre o caso. Fê-lo pela primeira vez no domingo, dia 30 de dezembro passado, em entrevista ao Domingo Show da TV Record. Voltou esta segunda-feira, 7 de janeiro, a revelar-se em conversa com Manuel Luís Goucha e Maria Cerqueira Gomes no programa Você na TV, da TVI.

«Houve uma altura em que pensei que tinha de acreditar em tudo o que sempre acreditei, ou ia desistir», disse Roberto Leal sobre como reagiu ao cancro que lhe foi diagnosticado há dois anos e que fez questão de não revelar publicamente. «Se eu falar antes [de se curar], eu mato muitas pessoas comigo, que também estão fazer tratamentos», justificou.

O artista, de 67 anos, começou por sentir dores nas costas e perna direita. Foi operado por três vezes e está a realizar tratamentos.

«Já não vejo nada da vista direita», relatou. «Comecei a ver com os olhos da alma», completou ainda Leal.

«O que for decidido por Deus é o melhor para mim»

Na entrevista que concedeu à TV brasileira, o cantor negou ter medo da morte. «Márcia Lúcia, a minha companheira de 42 anos, disse: ‘Roberto. como é que aceitas tão resignado e só com oração esta doença?’. Aceito porque acredito que o que for decidido por Deus é o melhor para mim. Se eu realmente cheguei a esta situação, se este caminho é o único possível, eu não tenho escolha, mas voltar para atrás, não. Isso é próprio de alguém que sabe que há uma luz no fim do túnel. Eu sei e tenho certeza que o amor vencerá toda a dor».

Recorde-se que Roberto leal é natural de Trás os Montes.

Texto: Ana Filipe Silveira; Fotos: reprodução redes sociais

 

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top