Notícias e TV

Sara Barradas como vítima de violação em novo projeto da TVI

1 Novembro, 2019

As gravações de Vitória, que vão durar cerca de quatro meses, contam com Sara Barradas e Pedro Sousa nos principais papéis. Saiba tudo aqui...

Vitória é o novo projeto de ficção da TVI, cuja história é baseada num original chileno. As gravações, que vão durar cerca de quatro meses, contam com Sara Barradas e Pedro Sousa nos principais papéis.

Margarida Jasmin (Barradas) é violada aos 14 anos, pelo mesmo homem que assassinou o seu pai. Depois deste episódio, a jovem engravida e foge, acabando por ser institucionalizada. Na instituição, onde conhece Maria Isabel (Mafalda Marafusta) e se tornam as melhores amigas, dá à luz Ana Catarina (Madalena Aragão), que acaba por ser dada para a adoção. Margarida está empenhada em seguir com a sua vida e vai estudar Enfermagem. Porém, na sua memória, está para sempre gravado o dia em que tudo aconteceu…

Catorze anos depois, com o curso de Enfermagem na bagagem, Margarida está decidida a regressar à Lezíria, a herdade onde viveu o pior pesadelo da sua vida, mas desta vez para se vingar de alguns elementos da família Costa de Santa Cruz. Mas nem tudo vai ser assim tão linear!

Com a passagem dos anos, Margarida tornou-se numa mulher decidida, mas resolve adotar um outro nome para não ser reconhecida por aquela gente. À chegada à Lezíria ela apresenta-se como sendo Vitória (Barradas).

Família Costa de Santa Cruz

Catarina (Maria José Pascoal) foi casada com Bernardo Lima da Cruz, que morreu na cama com a amante, de quem teve quatro filhos. Lucas (Filipe Vargas), o mais velho, é agrónomo e pai adotivo de Ana Catarina. Viúvo de Matilde, refez a sua vida e está agora noivo de Rita (Maya Booth), madrasta que Ana Catarina odeia. Marcos (Pedro Teixeira), o segundo filho dos Santa Cruz, é um gestor violento, misógino e machista. Casado com Carla (Ana Sofia Martins), é um sedutor perigoso, que quer tudo o que o irmão mais velho tem, incluindo a sua mulher.

O terceiro filho desta família é Mateus (Pedro Sousa), o preferido de Catarina. Respeitado por todos por ser médico veterinário, na verdade ninguém conhece o seu lado psicopata, que o levou a violar Margarida, com apenas 14 anos, e a matar o pai desta.

João (Isaac Alfaiate), o benjamim da família, é o filho tardio que não foi recebido lá com muito entusiasmo. Não gosta muito de trabalhar e de responsabilidades, mas carrega o segredo mais bem guardado desta história… ele sente-se culpado pela violação de Margarida porque testemunhou o que o irmão fez, talvez por isso tenha enveredado pelo mundo da droga.

Os seus cúmplices

Nesta sua vingança, Margarida, ou Vitória como vai ficar conhecida, reencontrará um dos grandes amores da sua vida e que vai ser crucial naquele que é o seu plano de ajuste de contas. Carlos Paulo (João Vicente) nunca esqueceu a jovem e reconhece-a de imediato quando ela regressa à Lezíria, como tal vai ser seu cúmplice, embora a vá sempre chamando-a à razão. Quem também vai ficar rendido à enfermeira é João, mas este vai apenas servir-lhe de isco.

Texto: Rita Leal

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top