Telenovelas

Nazaré: A ser perseguido, Félix perde o controlo do carro e cai numa ravina! Carro é incendiado

24 Janeiro, 2020

Não perca o episódio de hoje da novela Nazaré, da SIC.

Duarte chora de raiva enquanto aponta a arma ao tio. Bárbara fala, calmamente, com Duarte e faz-lhe ver que não adianta nada matar Félix. Duarte acaba por ganhar consciência e baixa a arma deixando a oportunidade para Félix escapar.

Já em casa, Félix vê Verónica a dormir no sofá e, de repente, lembra-se da morte do irmão e começa a apertar o pescoço à mulher tentando sufocá-la. Verónica debate-se, mas é Erica quem acaba por salvá-la. Félix conta toda a verdade à filha e avisa-a para que não dê o seu bebé a Verónica.

Duarte, muito nervoso, está na receção do hotel e diz a Laura que viu o vídeo da morte do pai e que prova que foi Félix quem o matou. Bárbara não consegue servir de testemunha pois chegou depois e não viu nada.

Já na Quinta, Duarte é honesto com Bárbara e diz-lhe que tudo aquilo que Joaquim contou é verdade e que foi António quem matou o pai dela. Duarte diz-lhe que ainda vai a tempo de se reconciliar com a sua família.

Laura está no Restaurante de passagem, está com pressa pois Félix está “a monte” e tem de encontrá-lo. Toni conta a Laura que quem lhe encomendou o fogo foi Heitor e que, possivelmente, terá sido Aele a filmar a morte de António.

Laura vai direta a casa dos Carvalho e confronta Heitor com o que Toni acabou de lhe contar. Heitor desmente, mas fica tenso com a acusação e assutado de que possam chegar até ele.

Ana, que já desconfiava que Jorge era ANON, consegue provar que tinha razão. Ana denuncia-o à mãe, que acaba por deter o jovem.

O plano para pôr Nazaré fora do país já está em marcha. Toni está a agilizar tudo para ir buscar Nazaré enquanto Glória olha comovida para o filho. Toni sai, deixando para trás o mapa do percurso.

Heitor está de chegada ao Tribunal e depara-se com uma manifestação contra a violência doméstica encabeçada por Glória e Dolores. Já durante a sessão, Heitor é considerado culpado e condenado a um ano de prisão. Carol chora desolada enquanto Pipo acha que é muito pouco tempo para aquilo que o pai fez.

À entrada da Quinta, Nazaré está na sua mota a observar Duarte. Toni chega e diz-lhe que agora que já o viu está na hora de ir embora. Nazaré, revoltada, já não quer fugir, mas Toni diz-lhe que pense na mãe que não ia superar ver a filha presa. Nazaré, desesperada, arranca na mota.

No Lar, Félix vai ao encontro de Cláudia e suplica-lhe por ajuda. Diz que perdeu tudo e que quer contar a verdade, fazer justiça e ajudar Nazaré, mas que sozinho não consegue. Ismael observa-os e fica alerta. Cláudia acede, pela amiga, e arranca no carro com Félix.

Laura vai até casa dos Silva e tenta perceber onde está Nazaré. Matias não abre a boca, mas Laura repara no mapa deixado por Toni em cima da mesa. Aproveita para pedir a Matias um copo de água, rouba o mapa e vai embora.

Félix e Cláudia estão a ser seguidos. Alguém lhes bate na traseira do carro e Félix perde o controlo, acabando por cair numa ravina. A pessoa que os seguia incendeia o carro.

No ponto de encontro, Matilde e Joaquim estão muito nervosos quando Toni chega, mas sem Nazaré. Esta chega passado pouco tempo a pé. Estão a despedir-se quando Joaquim avista o carro de Laura e só conseguem escapar graças a Toni.

Texto e Fotos: Divulgação SIC

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top