Notícias e TV

Prisioneira: Administrador da Whiteshell suicida-se!

12 Junho, 2019

Não perca o episódio de hoje da novela Prisioneira, da TVI.

Júlio (José Wallenstein) entra em casa transtornado e parte a moldura com a foto de casamento com Lídia (Joana Seixas).

Mário (Vítor Hugo) tenta fazer ver a Letícia (Ana Cristina Oliveira) que o caso é sério e que ela deve focar-se, para que ele a possa ajudar. Letícia começa a contar o que se passou e diz que tudo começou com uma infeliz coincidência.

Vitória prepara-se para sair quando o chefe lhe pede para mostrar a mala, e fica chocada por ele encontrar um envelope com dinheiro. Teresa (Joana Ribeiro) que observa tudo, sente-se culpada. Teresa promete ajudar Vitória e ela acaba por revelar algumas informações que interessam à polícia.

Vítor (Diogo Infante) ri-se por Lídia ter fugido dele e ter arranjado um marido ainda pior e lembra-a que foi aquele negócio que a sustentou a vida toda.

Mário avisa Letícia que provavelmente não a vão deixar voltar para casa e ela queixa-se da forma como está a ser tratada.

Omar (Carloto Cotta) pergunta a Teresa se conhece Vitória e ela diz que a conheceu por acaso, depois de ter sido acusada de roubo no aeroporto. Teresa diz que teve pena dela e ajudou-a e Omar fica emocionado com o gesto da namorada.

Teresa entra no quarto e liga a Diogo (Paulo Pires) e confessa que não sabe se consegue continuar a enganar o namorado. Omar surge e estranha que Teresa se tenha fechado no quarto, mas Teresa explica que estava a falar de trabalho. Omar confisca-lhe o telemóvel, para descansar.

Henrique (Ângelo Torres) tenta fazer chantagem com Margarida (Paula Lobo Antunes) e esta afirma que não pode fazer nada no caso de Letícia.

Mário pergunta a Leonor (Sara Prata) como está o caso de Graça (Sandra Faleiro) e se houve mesmo assédio e a advogada fica surpreendida pela forma como Mário fala da mulher. Leonor e Mário estão quase a beijar-se, quando entra Henrique.

Chaves (Carlos Oliveira) avisa James (Graciano Dias) que está tudo controlado, mas que vão fazer uma busca na WhiteShell e, por isso, é aconselhável fazer desaparecer qualquer indício que esteja associado ao atentado no aeroporto.

Leonor tenta perceber por que motivo não foi Mário a ficar com o caso de Graça e este revela que o seu casamento não está na melhor fase e Leonor finge-se surpreendida.

Graça continua a fazer queixas de Mário e Leonor já não consegue disfarçar o embaraço. Leonor vai ao Hostel e diz a Glória (Kelly Bailey) que precisa de falar com ela sobre o que se passou com Graça.

Glória chega a casa e conta a Fredy que ficou com a sensação de que Tomé (Tiago Teotónio Pereira) desconfia que o ataque a Graça foi encenado e garante que não teve nada com ele.

Teresa inventa uma desculpa e vai a casa de Diogo para contar que já é amiga de Vitória e que lhe arranjou emprego no Hostel, mas que não se sente nada bem por ter de mentir às pessoas.

Omar revela a Teresa que já contou à família que vão ter um filho e casar, só que eles não reagiram da melhor forma. Teresa fica com pena de Omar e dá-lhe mimos.

Henrique consola Beatriz (Catarina Bonnachi), que está destroçada com o que está a acontecer à mãe e Constança (Catarina Bonnachi) lembra o pai que o dinheiro não resolve tudo. Constança entra no quarto e recorda quando apanhou a mãe com Gustavo.

Margarida tenta animar Diogo e diz-lhe que nem sempre as coisas são o que parecem e ele acaba por adormecer. Tocam à campainha e Margarida despenteia-se, descalça-se e abre a porta ofegante. Monique (Benedita Pereira) avalia Margarida e pede-lhe para avisar Diogo que passou por ali.

Glória fala com Fábio quando Tomé aparece e pergunta o que se passa. Glória conta o que fez, mas diz que foi Graça que teve a ideia e que lhe pediu ajuda. Fredy (Lourenço Ortigão) não gosta de ver Tomé tão próximo de Glória e não consegue disfarçar.

Glória continua a insistir que não tem nada com Fredy e que o que ele viu naquele vídeo não teve importância nenhuma e seduz Tomé e os dois beijam-se.

Margarida segue pelo corredor em direção à sala de operações. Tavares dá instruções a Chaves sobre a busca à WhiteShell e Margarida não gosta que seja Chaves o responsável por aquela operação.

Monique desabafa com Teresa sobre ter ido a casa de Diogo e ter encontrado Margarida e Teresa percebe que Monique está com ciúmes.

Vitória agradece toda a ajuda de Teresa, mas não gosta de saber que ela é namorada de Omar e decide ir para longe dali. Vitória arruma as suas coisas e está desesperada.

Teresa liga a Diogo e avisa-o que Vitória não vai colaborar e ele afirma que ela sabe o que tem de fazer. Vitória sai do quarto e não se apercebe de Teresa que, num gesto rápido, lhe espeta uma substância no pescoço que a deixa sem sentidos. Teresa leva Vitória para o quarto, e olha-a com pena.

Diogo está angustiado e não aceita que a irmã esteja envolvida no atentado.

Graça apercebe-se do mau feitio de Lídia pergunta-lhe como correu a surpresa a Júlio e ela vinca que ele adorou. Júlio está maldisposto e barafusta com uma empregada. Lídia intervém e trocam acusações e ameaças.

Lídia liga a Teresa e diz que a visita a Al Aradhi lhe fez bem, pois percebeu que há muitos preconceitos e o mais importante é a família. Teresa despacha a mãe porque Vitória está a acordar.

Vitória começa a falar sobre o que sabe e afirma que pagaram a Al Husayni para fazer a bomba.

Chaves e um grupo de inspetores preparam-se para invadir o edifício da WhiteShell e dá indicações para passarem tudo a pente fino.

Teresa pressiona Vitória a revelar o mandante da bomba e ela começa a sangrar, alarmando Teresa.

Chaves entra na sala de reuniões e dá indicações para ninguém se mexer, mas interrompe-se ao ver toda a gente a espreitar à janela. Chaves vai até lá e espreita também e vê no passeio, o corpo de um homem estatelado no chão.

Leia o resumo do episódio anterior aqui.

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top