Notícias em Destaque

Diário de Maria: «A minha mulher agride-me. Tenho vergonha de fazer queixa dela»

18 Junho, 2019

O consultório da Revista Maria relata casos reais e responde a perguntas dos nossos leitores, com a ajuda da dra. Ana Bárbara Silva.

«Numa altura em que se fala tanto de violência doméstica e que as mulheres são as principais vítimas, quero contar que a minha mulher agride-me verbalmente e humilha-me. Nunca me bateu, mas sinto-me um ‘farrapo’ e tenho vergonha de fazer queixa dela. O que devo fazer?». Anónimo

Lamento que esteja nesta situação. Os abusos verbais e psicológicos também são considerados violência doméstica. Infelizmente, é difícil provar este tipo de agressão. No entanto, é de valorizar o facto de ter sido capaz de identificar que a sua relação não está bem e é vítima de abuso psicológico. Este é o primeiro passo para a mudança.

A psicóloga aconselha

Acredito que não seja fácil sair dessa relação, mas creio também que seja a única solução. Leve o tempo que precisar, procure ajuda psicológica, busque a sua rede de apoio, família ou amigos que o possam ajudar e confortar. O leitor não está sozinho e é merecedor de amor e felicidade, coisa que não acontece a sua relação atual. Lembre-se: você tem valor, você é importante, você tem imensas qualidades!

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top