Destaques

Imagem profissional – Erros que não deve cometer ao vestir-se

30 Março, 2017

Cuidar da imagem no trabalho é fundamental

Na hora de escolher o modelito para trabalhar tenha em atenção vários pormenores que fazem toda a diferença para melhor “vender” a sua imagem.

Se há profissões em que o vestuário escolhido em nada influencia a imagem que se faz da pessoa e do seu profissionalismo, outras há em que a indumentária, o cabelo e até os acesssórios são o primeiro cartão de visita.

Numa sociedade em que a imagem vende, há erros que pode muito bem evitar.

Leia este artigo e descubra se andar a cometer gafes na hora de se vestir para ir trabalhar e aproveite o outono para se renovar ou emendar…

Atenção aos decotes

Cuidado com o tamanho do decote que escolhe usar no trabalho. É que pode cair no erro de chamar pelas atenções erradas. Cuidado para não se sentir desconfortável se tiver de se dobrar. Tal como os decotes demasiado grandes, as transparências, também, não são aconselhadas no trabalho. Se decidir usá-las, opte por usar, por baixo, um top da mesma cor.
No caso de usar camisas e ser dona de seios grandes, o ideal é optar por usar um top por baixo, deixando-a ligeiramente aberta. Assim vai evitar o efeito de que os botões estão separados e que vão saltar a qualquer momento. Os tops cai-cai, também não são vistos com bons olhos no ambiente profissional. As blusas de alças largas são uma opção muito mais acertada.

Roupa justa vs larga

Muitas mulheres caem no erro de usar um tamanho abaixo do seu no que à roupa diz respeito, na esperança de parecerem mais magras. Porém este é um erro crasso, porque as peças demasiado justas vão evidenciar as zonas problemáticas do seu corpo. Para além disso estas peças vão condicionar os seus movimentos e o ideal é que se sinta sempre confortável. As peças muito apertadas são, ainda, demasiado reveladoras das gordurinhas extra. Exemplo disto é o facto de muitas mulheres se esquecerem que leggins não são calças, e que ao invés disso funcionam sim, como collants opacos.
Por outro lado existem as mulheres que ao emagrecer não ajustam a roupa às suas novas formas e optam por usar peças demasiado largas. Usar estas peças no trabalho vão dar-lhe um ar de desleixada e vão parecer saídas do armário de uma outra pessoa. Usar o número certo é, de facto, muito importante para manter um estilo impecável.

Curtos ou compridos?

Tops curtos a mostrar a barriga, por mais tonificada que ela seja, devem ficar em casa. Essas peças servem para os fins de semana, não para o local do trabalho. Calças curtas de cinturas descaídas não são as mais indicadas para usar em contexto laboral.
O comprimento certo das bainhas é fundamental para não mostrar demasiado as pernas ou as meias quando se senta ou evita que possa tropeçar. O ideal é as calças não ficarem amachucadas, mas sim direitas em baixo, e que não toquem no chão. Já as saias, no contexto laboral devem ser usadas um pouco acima do joelho.

Acessório e padrões q.b.

Certamente conhece algumas colegas que mais parecem saídas das caixas dos enfeites de Natal. Misturar demasiados acessórios, padrões, texturas e brilhos pode ser arriscado. Em vez de mostrar que está na moda, vai é dar a sensação de que lhe faltam os espelhos em casa. Evite os brilhantes e as lantejoulas, essas peças são indicadas para festas, não para trabalhar. Já a bijuteria utilize-a com moderação, a não ser que o seu trabalho seja o de criativa.

Lingerie pode estragar imagem

A roupa interior deve ficar bem escondida, pois ela faz parte do seu intimo. Cuidado com as cores vivas. Verifique se as alças dos soutiens não ficam à mostra. Se vestir uma camisa clara use soutiens cor de pele. Para além disso, é fundamental que use o tamanho certo para o seu peito ser suportado sem que vinque na roupa.
O mesmo se aplica à parte inferior. Se usar saias ou calças justas de cintura baixa, evite que as cuecas fiquem à mostra.

Cuidado com o corpo!

Para estar impecável no trabalho há que respeitar o seu tipo de corpo. Todas as pessoas são diferentes e devem ter atenção às suas particularidades. O importante é vestir-se segundo o seu corpo e profissão. Existem truques que a fazem conseguir esconder aquela zona mais problemática do seu corpo por isso aprenda esses truques. Não viva de imitações, o que fica bem a outra pessoa pode não ficar a si.

Maquilhagem cuidada

O cabelo e a maquilhagem são fundamentais no que diz respeito ao trabalho, porque o seu rosto estará sempre em evidência quando alguém se cruzar ou falar consigo. Já pensou o que acham de si quando fala para alguém e está despenteada, tem o cabelo sujo ou caspa à vista? Para além disso , as pessoas irão ter uma imagem negativa sua se estiver com manchas na pele ou olheiras demasiado vincadas.

Mãos e unhas também importam

Unhas arranjadas e limpas são importantes para transmitir uma imagem cuidada. Opte por unhas de tamanho médio, com cores pastel. As cores fuschia e motivos alegres ficam apenas para quem é manicura de profissão.

Tatuagens e piercings

A grande questão aqui é: Tatuagens e piercings, sim ou não? A resposta ainda não é consensual embora exista um menor estigma em relação às pessoas que optam por este estilo. Existem profissões com uma maior flexibilidade e expressão em relação a este tema, mas tudo vai depender, de facto, da profissão que exerce. O ideal é manter sempre as tatuagens tapadas pela roupa e escolher piercings discretos.

Texto: Catarina Martins

Veja ainda:

5 APPS QUE VÃO MELHORAR A SUA PRODUTIVIDADE NO TRABALHO!

CONTROLE AS EMOÇÕES NO TRABALHO

SEJA A HEROINA DA SUA VIDA

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top