Internacional

Insólito! Atriz brasileira usa o sangue da própria menstruação para regar as plantas

10 Outubro, 2019

Bianca Bin tem por hábito regar as plantas com o sangue da menstruação. O ritual ancestral pretende desmistificar a ideia de que o sangue menstrual é sujo.

A atriz brasileira Bianca Bin está a gerar alguma polémica, no Brasil, por ter revelado nas suas redes sociais, esta segunda-feira, dia 7 de outubro, que tem por hábito regar as plantas com o sangue da sua própria menstruação.

O ritual foi partilhado na secção de stories da sua página oficial de Instagram e consiste numa prática ancestral que tem como objetivo celebrar a fertilidade.

Bianca Bin surge nas imagens partilhadas com um frasco de sangue e a hashtag «Plante a sua Lua». Esta prática consiste em devolver parte do sangue da menstruação da mulher à terra com uma mistura de água.

Veja as imagens do ritual aqui.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

A atriz #BiancaBin fez um ritual, nesta segunda (7), com sangue de menstruação chamado #PlanteSuaLua. Nos Stories, Bin surgiu de biquíni segurando um pote com seu sangue. O movimento consiste em diluí-lo com água para regar plantas e depositá-lo na terra, normalmente com outras mulheres. A inspiração vem de tradições ancestrais em que o sangue menstrual é celebrado e visto como símbolo de fertilidade, já que sempre foi visto como sujo, impuro e até perigoso. A ideia é tentar mostrar como menstruar é algo biológico, um processo pelo qual o corpo feminino passa mensalmente e que não deve ser motivo de vergonha, nojo ou insatisfação. (📸: Instagram / @BiancaFBin)

Uma publicação partilhada por E! Online Brasil (@eonlinebrasil) a

Na Internet, foram várias as reações que surgiram depois da partilha da atriz. Na página oficial de Instagram do site E Online Brasil, a publicação que anunciou o ritual de Biana Bin recebeu milhares de «likes».

A atriz Luana Piovani foi uma das figuras públicas que deixou um like na publicação. Contudo, houve também várias críticas ao ritual, nomeadamente de seguidores que consideram o gesto «repugnante» ou «bizarro». «Que idiotice», «Chocada», «Bizarro» são alguns dos comentários que podem ser lidos.

Bianca Bin estreou-se em televisão pela mão da Globo, corria o ano de 2009, na 16.ª temporada da série juvenil Malhação. Desde então, participou em várias tramas da mesma estação de televisão, tais como Passione, Guerra dos Sexos, Joia Rara, Boogie Oogie e Êta Mundo Bom!. Há dois anos, protagonizou a novela O Outro Lado do Paraíso.

Ritual é uma forma de gratidão

«Plante a sua Lua» é considerado um ritual de gratidão, com inspiração em tradições ancestrais, nomeadamente entre os povos indígenos na América do Norte e Perú.

Neste ritual, o sangue menstrual é celebrado e visto como símbolo de fertilidade e tem, precisamente, como objetivo desmistificar a ideia de que a menstruação é algo impuro, sujo e até nojento mas também significa a conexão da mulher com a terra.

«A ideia é tentar mostrar que a menstruação é algo biológico, um processo pelo qual o corpo feminino passa, mensalmente, e que não deve ser motivo de vergonha, nojo ou insatisfação», pode ler-se na página de Instagram da revista brasileira EVA.

Sangue como fertilizante?

Algumas adeptas deste ritual defendem que o sangue da menstruação deixa as plantas mais «viçosas» e fá-las crescer mais rápido. Contudo, em entrevista ao site BBC Brasil,  Anelise Dias, investigadora e professora de Agroecologia da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, afirma que desconhece estudos sobre o uso do sangue menstrual como fertilizante.

No entanto, a especialista confirma as propriedades do sangue menstrual que poderão ser benéficas para as plantas. «É composto por nitrogénio, fósforo e potássio, nutrientes essenciais para o desenvolvimento das plantas».

«Mas este ritual é mais simbólico», destacou a professora, acrescentando que «na agricultura, propriamente dita, existem outras fontes orgânicas de adubo mais interessantes, disponíveis em maior quantidade e que respondem melhor às necessidades de fertilização das culturas».

Veja também: Tomar banho sem sabão? A história da jornalista que não usa gel de banho há 9 anos!
Texto: Sofia Santos Cardoso | Fotos: Reprodução Redes Sociais

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top