Saúde e Bem-Estar

Alimentos que ajudam a acalmar as crianças e a dormir melhor durante a fase de quarentena

5 Abril, 2020

criança

Os alimentos que selecionámos não só ajudam a manter as crianças mais tranquilas devido à hormona melatonina

Nós somos exatamente o que comemos. Há alimentos que dão mais energia às crianças e outros que as acalmam. A Maria dá-lhe uma lista para rechear a despensa já hoje. Sabemos que não tem sido fácil para muitos pais acalmar os filhos em plena quarentena, devido à pandemia Covid-19, mais conhecida por coronavírus. Mas esperamos que este artigo ajude!

Os alimentos que selecionámos não só ajudam a manter as crianças mais tranquilas devido à hormona melatonina, como facilitam a ida para a cama. Experimente! Acredite que o seu filho irá adormecer melhor e dormir mais tranquilamente a noite inteira.

Leite

O truque de beber leitinho quente à noite para acalmar não é segredo para ninguém. A razão está no cálcio, que ajuda o cérebro a usar o triptofano para produzir melatonina que é o impulsionador do sono. O cálcio ajuda ainda a regular os movimentos musculares.

Banana

O magnésio e o potássio presentes na banana funcionam como relaxantes musculares. A vitamina B6 presente nesta fruta ajuda a converter o triptofano em serotonina o que aumenta ainda mais a relaxar.

Chocolate negro

As crianças gostam mais de chocolate de leite, porque é mais doce. Mas habitue o seu filho a comer chocolate negro. É muito estimulante, porque contém serotonina, que relaxa o corpo e a mente.

Cerejas

As cerejas são uma fonte natural de melatonina e se forem consumidas com regularidade ajudam o ciclo do sono.

Mel

A glicose que se encontra no mel, quando é ingerida, manda o cérebro parar de produzir orexina, um químico responsável pelo nosso estado de excitação, atenção e apetite. A glicose do mel aumenta também o nível da insulina no sangue, o que faz com que o triptofano entre no cérebro com mais facilidade. Mas não exagere. Basta comer apenas uma colher de chá de mel.

Aveia

Hoje em dia, a aveia é muito ingerida, quer seja ao pequeno-almoço, lanches ou nos famosos brunches. Tal como o mel, a aveia aumenta o nível de açúcar no sangue naturalmente, provocando um pouco de sono. É uma enorme fonte de melatonina.

Pão integral

O pão integral aumenta o nível de glicémia do sangue, o que provoca a produção de insulina, possibilitando um sono mais profundo. A insulina ajuda bastante na ação do triptofano no cérebro.

Amêndoas

As amêndoas são muitas ricas em magnésio, um mineral necessário que possibilita um sono mais tranquilo.

Alface

A alface contém lactucarium que tem efeitos sedativos, ajudando a relaxar e a ganhar mais sono.

Nozes

As nozes são uma fonte de triptofano, o que ajuda o cérebro a produzir serotonina e melatonina, duas hormonas que ajudam a regular o nosso corpo. Além disso, as nozes também contêm a própria melatonina, o que ajuda ainda mais na hora de adormecer.

E mais…

O triptofano é um aminoácido responsável pela produção de melatonina. Também ajuda a produzir serotonina, neurotransmissor que regula o sono. Está ainda presente no queijo, no frango, no ovo (especialmente na clara), na ervilha, na couve-flor, no grão e na batata.

Leia ainda: Covid – 19: Tenho de desinfetar as compras do supermercado? E trocar roupa da rua? Médico explica

Texto: Filipa Rosa; Fotos: D.R.

 

Leia a Maria sem sair de casa

Vivemos tempos de exceção, mas mesmo nestes dias em que se impõe o recolhimento e o distanciamento social, nós queremos estar consigo. Na impossibilidade de comprar a sua revista favorita nos locais habituais, pode recebê-la no conforto de sua casa, em formato digital, no seu telemóvel, tablet ou computador. . . .

Eis os passos a seguir:

1 – Aceda a www.lojadasrevistas.pt

2- Escolha a sua revista

3 – Clique em COMPRAR

4 – Clique no ícone do carrinho de compras e depois em FINALIZAR COMPRA

5 – Introduza os seus dados e escolha o método de pagamento

6 – Não tem conta PayPal? Não há problema! Pode pagar através de transferência bancária!

E está finalizado o processo! Continue connosco. Nós continuamos consigo.

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top