Saúde e Bem-Estar

Banho: Sete erros que deve evitar na hora da higiene diária

8 Março, 2021

Desde o abuso da água quente até à forma como secamos o corpo, saiba que há muitacoisa que faz mal quando toma banho.

A hora do banho é sagrada. No entanto, Desde o abuso da água quente até à forma como secamos o corpo, são muitos os erros que cometemos quando o assunto é a higiene diária. Tudo o que deve saber.

Erros que comete no banho

Esfregar-se ao secar

Secar a pele corretamente é tão importante quanto lavá-la. Por isso, é necessário ter cuidado com o uso que faz da toalha. Considere que as melhores são as macias, que deixam o corpo levemente húmido. Quando já estiver seco, não se esqueça de aplicar um creme ou loção corporal para humedecer a pele.

Não limpar a banheira

Sempre que tomar banho, certifique-se de que deixa a banheira ou a zona de duche
limpas. Deixar resíduos pode tornar-se perigoso, pois potencia o desenvolvimento de bactérias. O chuveiro também deve ser limpo com regularidade e raramente o fazemos.

Sem resíduos

Não podemos deixar passar despercebido o facto de que o mínimo resto de sabonete
que fica na pele pode causar dermatite. Por isso, devemos verificar se estamos bem limpas antes de sair do chuveiro.

Demorar muito tempo

Leve o seu tempo, mas não mais do que o necessário. Nunca deveríamos tomar banhos que durem mais de dez minutos. Como acontece com a água quente, um duche prolongado resseca a pele e pode causar problemas como a irritação.

Fazer a depilação

Quem se depila com lâmina no duche, fá‑lo por ser mais cómodo. Contudo, é preciso ter em conta que depilar‑se com a água a cair na pele pode irritá‑la. Assim, é conveniente
que o faça com géis e espumas específicas e sempre com água morna.

Água muito quente

No inverno, pode-lhe parecer a melhor opção, mas não devemos passar dos limites na temperatura, porque a nossa pele sofrerá as consequências. Considere que a água muito quente desidrata a pele e deixa-a indefesa face às bactérias e substâncias nocivas.

Usar esponjas velhas

Ainda que possa parecer algo sem importância, usar a mesma esponja de banho por muito tempo é um grande risco para a saúde. Pode-se dizer que é algo semelhante ao que acontece com o uso prolongado da mesma escova de dentes. Devido à humidade do ambiente, costumam ser criadas condições ideais para o desenvolvimento de bactérias e fungos. A solução passa por não usar a mesma esponja durante mais de quatro semanas (no máximo).

Abusar da espuma

Os géis e sabonetes que encontramos no mercado atualmente contêm tensoativos que se encarregam de adicionar as moléculas de gordura às células. Se notar que o seu gel de banho produz muita espuma, é um sinal de que contém essas substâncias em excesso. Quanto mais espuma um gel produzir, mais camada protetora de gordura eliminará.

Leia mais
Relaxe! 3 banhos hidratantes para colocar em prática neste confinamento

Foto: Pixabay

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 5 | 6

 
Top