Saúde e Bem-Estar

Branqueamento vaginal: o tratamento que rejuvenesce a zona íntima

30 Outubro, 2019

E se lhe dissermos que a vagina pode ser rejuvenescida se proceder ao seu branqueamento? Descubra as vantagens deste procedimento estético.

 

Não é só o rosto que preocupa as mulheres no que diz respeito ao envelhecimento. Sabia que a zona íntima também merece uma atenção especial? E se lhe dissermos que a vagina pode ser rejuvenescida?

Através do branqueamento genital feminino, que consiste no clarear dos grandes lábios, das virilhas e da região perianal, conseguirá que a pele da sua região íntima fique mais lisa e bonita.

Tal como noutras partes do corpo, pode ser feito com recurso ao laser ou através do chamado peeling químico.

Saiba tudo sobre este procedimento estético na Maria desta semana.

Branqueamento anal

medicina estética íntima chegou para ficar e nos últimos anos tem evoluído de forma extraordinária. O branqueamento anal não é mais do que um processo que visa clarear a pele em torno do ânus, que com o avançar da idade assume um tom mais avermelhado e escuro.

Paris Hilton admitiu ter-se submetido a este procedimento, nascido nos Estados Unidos da América e realizado a laser em uma a cinco sessões. Mais: a ‘necessidade’ de as mulheres recorrerem a um branqueamento anal ganhou força com a ‘moda’ da depilação total, já que esta expõe por completo a pele.

Uma pesquisa na internet revela que, em média, cada sessão ronda os 100 euros.

Veja também: Cristina Ferreira lançou a questão e a dúvida surgiu. O que é, afinal, o branqueamento anal?
Rejuvenescimento vaginal! As técnicas que melhoram a estética da vagina e aumentam o prazer

 

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top