Filhos

Iniciativa de mãe e filha traz nova esperança a quem perde bebés

30 Março, 2018

Ana Lino tem três filhos, mas conhece bem a dor do aborto. Depois de perder o segundo bebé, a filha ofereceu-lhe uma pulseira e daí nasceu a ideia.

Ana Lino tem três filhos, mas conhece bem a dor do aborto. Depois de perder o segundo bebé, a filha, Catarina, de 10 anos, ofereceu-lhe uma pulseira. O ato de carinho já se propagou pelo país.

Foi em 2015 que Ana Lino decidiu lançar uma iniciativa solidária para ajudar mães que perdem os seus bebés durante a gestação. A sua inspiração foi a filha mais nova, Catarina, de 10 anos, que, com um gesto tão simples, tem conseguido trazer esperança a muita gente: enviar uma pulseira com uma carta a todas as mães que perdem bebés.

A ideia surgiu depois de Ana sofrer dois abortos em dois anos. «Já era mãe de dois filhos. Tentei engravidar do terceiro e… só consegui trazer ao mundo o Simão à terceira! Sofri dois abortos de forma espontânea. O primeiro com 13 semanas e o segundo com oito», relata.

Leia toda a história no site da Crescer AQUI.

partilhar | 0 | 0