Família e Carreira

«Parti as costelas à minha filha para ela não morrer sufocada com uma cereja»

19 Julho, 2019

Mãe

Quando nasce um filho, todo o cuidado é pouco. Num segundo pode acontecer o mais grave dos acidentes mesmo com a criança a um palmo de nós.

Quando nasce um filho, todo o cuidado é pouco. Ouvi isto vezes sem conta durante anos, antes de ser mãe.

Num segundo pode acontecer o mais grave dos acidentes mesmo com a criança a um palmo de nós.

Com este testemunho que escrevo ao site Crescer, não quero que as mães passem a viver em constante preocupação e obsessão pelos filhos. Mas todo o cuidado é pouco… mesmo! Há que estar sempre em alerta, SEMPRE!

A minha filha já é adolescente, mas nunca me vou esquecer daquele dia em que quase a perdi… Tinha ela dois anos e meio.

Continue a ler a história aqui.

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top