Moda e Beleza

Estes são os cuidados a ter com o sol, areia e água salgada!

14 Julho, 2019

Aproveite o que o verão tem de melhor para oferecer e cuide-se para manter a saúde, a beleza e a higiene do seu corpo mesmo nas mais altas temperaturas desta época do ano.

Ainda que este verão não esteja a ser rigoroso, durante os meses mais quentes do ano a nossa pele fica mais exposta aos raios nocivos do sol. E não estamos só a falar dos dias em que vamos para a praia.

Diariamente, e mesmo que passe a maior parte dos meses de junho, julho, agosto e setembro, de verão na cidade, é imprescindível cuidar da pele para que não tenha de, mais tarde, andar a tentar reverter os dados causados, sem necessidade.

A primeira lei de beleza do verão é usar sempre protetor nas zonas expostas ao sol. No mínimo deve
escolher um com proteção 30, mas o ideal será 50, independentemente do seu tom de pele. Nos dias em que vai para a praia ou piscina, siga a recomendação na embalagem do protetor solar e reaplique-o quantas vezes for indicado.

Cara lavada e cuidada

Aproveite os meses quentes para diminuir a utilização da maquilhagem. Aproveite esta época do ano para deixar a pele do rosto “respirar” um bocado e não andar em stress porque o lápis dos olhos esborratou ou a base parece que está a “derreter”… Quem não dispensa certos produtos de maquilhagem até perto de água (do mar ou piscina) deve ter em conta que aqueles que são à prova de água terão de ser, obviamente, removidos com produtos próprios.

De nada lhe vale usar um rímel à prova de água e não o tirar com um desmaquilhante de olhos próprio para esse efeito. Só o facto de esfregar com insistência a zona delicada dos olhos faz com que a pele fique fragilizada.

Rosto sem manchas

Seja qual for a causa, o aparecimento de manchas no rosto é um dos piores pesadelos para as mulheres. Sejam causadas pela idade, por cicatrizes deixadas pelo acne ou por alguma alteração hormonal (como é o caso da gravidez) a verdade é que as marcas mais escuras na tez da face revelam um tom nada uniforme e que ainda por cima essa diferença tende a intensificar-se assim que apanhamos os primeiros raios de sol. Durante o inverno é impreterível que tenha usado produtos próprios para este problema ou que até se tenha sujeitado a algum tratamento específico (como um peeling, por exemplo).

Com o tempo quente e com a intensificação dos raios solares não deve sair de casa sem aplicar um protetor solar no rosto, específico para manchas, que também deve ser aplicado na pele dos braços e nas mãos. Se ainda não reparou que com o passar dos tempo vão aparecendo pequenas manchas mais escuras na pele, principalmente nas zonas mais expostas ao sol, repare nas suas familiares diretas (mãe, tias e avós) e veja qual a tendência, tendo sempre em conta que, de uma forma ou de outra, não há como escapar às manchas que aparecem com a idade.

A dica mais útil de todas

Seja dentro de uma garrafa, para consumo, em forma de spray, para refrescar e acalmar as peles mais sensíveis, ou congelada para que, juntamente com aloe vera, por exemplo, sirva de SOS em caso de escaldão, a água é o que de mais preciso temos no verão.

Cabelo saudável e com nuances naturais

Mesmo que pinte o cabelo vai notar que com maior exposição ao sol e, se for o caso, idas à praia ou à piscina, os fios tendem a aclarar. Este processo dá-lhe uma luminosidade diferente ao rosto que, em contraste com a pele bronzeada, a deixa com um ar mais bonito e saudável. Porém, não se esqueça que é nesta altura do ano que o seu cabelo precisa de mais cuidados. Depois de o lavar e secar ao ar (evite secadores e pranchas nesta altura do ano) use um protetor leave-in com
filtro solar.

Faça hidratações com mais regularidade e, acima de tudo, tente não enfiar a cabelo todos os dias na água
do mar ou na piscina (esta ainda é pior por causa do cloro). A maior dica de todas? Use um chapéu para proteger os fios, mas também o couro cabeludo.

Texto: Revista Maria; Fotos: Pixabay e Shutterstock

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0