Notícias e TV

Bruno Cabrerizo assume barba grisalha para nova novela da Globo| Veja a transformação

17 Maio, 2019

Bruno Cabrerizo será um dos maus da fita da novela Órfãos da Terra, da Globo. O ator cortou o cabelo e deixou crescer a barba para dar vida ao libanês Houssein.

Bruno Cabrerizo continua a dar cartas no Brasil. O ator brasileiro que ficou conhecido em Portugal na novela A Única Mulher e por ter namorado com Kelly Bailey, faz parte do elenco da nova novela da Globo, Órfãos da Terra que estreia dia 27. A trama será exibida em Portugal de segunda-feira a sábado, às 19.55.

Ao lado de Bruno Cabrerizo vão estar Alice Wegmann, Bruno Cabrerizo, Eliane Giardini, Herson Capri, Letícia Sabatella, Osmar Prado e Paulo Betti.

Para a novela, Bruno Cabrerizo deixou de lado os caracóis e cortou o cabelo. Além disso deixou crescer a barba e pintou-a de grisalho.

Leia ainda: Bruno Cabrerizo apaixonado por jornalista com olhos azuis como Kelly Bailey

Veja as fotos de Bruno Cabrerizo e do elenco na galeria em cima

A história

Uma paixão avassaladora que nasce no meio de uma guerra promete encantar os fãs da Globo em Portugal. O casal protagonista de ‘Órfãos da Terra’, Laila (Julia Dalavia) e Jamil (Renato Góes) conhecem-se num campo de refugiados localizado em Beirute, Líbano, e apaixonam-se perdidamente. Ela, uma refugiada síria. Ele, um libanês e empregado do poderoso sheik Aziz Abdallah (Herson Capri), que tomou Laila à força, como uma de suas esposas. Surpreendidos pela paixão, os dois unem forças para tornar esse amor possível, ao mesmo tempo que fogem de um conflito armado.

No pano de fundo desta história de amor, o universo de pessoas de diversos lugares do mundo, refugiados de guerras, vítimas de perseguição política ou religiosa, ou ainda deslocados por razões económicas ou acidentes naturais. A novela, recém-estreada no Brasil e um grande sucesso de audiências, tem assinatura de Thelma Guedes e Duca Rachid.

Na Síria, num dia de alegria e de celebração para a família Faiek, Laila (Julia Dalavia)  vê o seu destino mudar repentinamente. Um bombardeamento atinge a casa onde vivem, transformando a vida de uma família estruturada e bem-sucedida num grande pesadelo.

Com a casa em ruínas e a fictícia cidade de Fardús em guerra, a jovem estudante e  o restante família – o pai Elias (Marco Ricca), a mãe Missade (Ana Cecília Costa) e o irmão Kháled (Rodrigo Vidal) – são forçados a deixar o país em direção ao Líbano, para fugir do conflito e ter a oportunidade de tratar Khaled, gravemente ferido.

Noiva foge do marido

Os Faiek vão parar a um campo de refugiados, em Beirute, onde Laila (Julia Dalavia) cruza olhares com Jamil Zarif (Renato Góes), que encontra-se no local com o patrão, o sheik Aziz Abdallah (Herson Capri), em busca de mão de obra para as suas empresas.

Mas, assim como Jamil, Aziz também se interessa por Laila e, acostumado a comprar tudo o que deseja, oferece ao pai da jovem um contrato de casamento que pode salvar a sua família da penúria. Elias (Marco Ricca) recusa a proposta. O estado de Kháled (Rodrigo Vidal) agrava-se e Laila decide aceitar o contrato em troca do tratamento do irmão.

Contudo, logo após a cerimónia de casamento, a jovem fica a saber que o irmão não resistiu à cirurgia. Laila decide abandonar a mansão do sheik na noite de núpcias, antes de o casamento ser consumado. Reencontra a família e traçam um plano de fuga para São Paulo, no Brasil, onde os Faiek têm parentes.

Sem saber que a esposa fugitiva do patrão é justamente a mulher por quem se apaixonou no campo de refugiados, Jamil é surpreendido por uma missão: embarcar num navio com destino ao Brasil e trazer de volta para Beirute a mulher que Aziz acredita ser sua propriedade. Antes de embarcar, Jamil descobre que essa mulher é a sua Laila. A paixão intensa e inesperada que une o casal é maior do que o compromisso que Jamil assumiu com Aziz: casar-se com a ardilosa Dalila (Alice Wegmann), a filha preferida do seu patrão.

As palavras das autoras da novela

«Com a história do casal protagonista, veremos como o amor tudo supera, rompendo fronteiras e unindo vidas. O grande tema dessa novela é a empatia», afirma a autora Thelma Guedes.

«Antes da guerra, esses personagens tinham uma estrutura familiar, financeira e social constituída, e que foi repentinamente destruída. Eles chegam ao nosso país dispostos a começar um novo capítulo de suas vidas com uma esperança e entusiasmo que permeiam toda a trama», completa a autora Duca Rachid.

A trama acompanha um universo de pessoas oriundas de diversos lugares do mundo, refugiados de guerras, de conflitos políticos ou deslocados por razões económicas ou acidentes naturais. ‘Órfãos da Terra’ vai mostrar que essas pessoas vão para o Brasil para recomeçarem as suas vidas, trazendo consigo um património cultural enriquecedor.

Texto: Conteúdos Win – Redação Online e Globo.

 

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top