Nacional

Joana Diniz teve de fazer dois testes para ter a certeza que estava grávida

15 Março, 2019

Joana Diniz engravidou sem querer e passou muito mal quando descobriu que ia ter um bebé. Já se habituou à ideia e está a ter uma gravidez santa. Quanto ao filho... ninguém vai ver.

Sem papas na língua. Joana Diniz não foge a qualquer questão. Grávida de três meses fruto da relação com Igor Sanchez, Joana Diniz revelou mais alguns pormenores desta nova fase. Esta quinta-feira, dia 14 de março, respondeu a algumas questões nas redes sociais e fez revelações curiosas, algumas delas já tinha respondido ao site da Revista Maria.

Veja também: Joana Diniz grávida de três meses: «Nunca vão ver a cara do meu filho»

A ex-concorrente da Casa dos Segredos, TVI, garante que está a ter uma «gravidez santíssima», sem sofrer nenhum sintoma.

«Andei dois meses a bater mal»

O que foi mais difícil foi mesmo o início. Joana confessa que, quando descobriu que estava grávida, «não teve a melhor reação do mundo». Descreve que sentiu «pânico», «medo» e que ficou «assustada». Tudo porque a gravidez não foi planeada e acabou mesmo por ser apanhada de surpresa. «Vi a minha vida andar para trás», refere.

«Andei dois meses a bater mal, mas agora foi a melhor decisão que tomei em toda a minha vida. Ser mãe é um ato de coragem muito grande», acrescenta.

Joana Diniz desconfiou que podia estar grávida depois de ter um atraso na menstruação. «A menstruação não aparecia, fiz o análises ao sangue e à urina mas deu negativo. Só com um mês e tal é que fui ao hospital voltaram a fazer análises e estava lá o meu pequenino», afirma.

Joana conta com o importante apoio da mãe nesta fase e não se poupa nos elogios. «Tem sido o grande pilar da minha gravidez. É a melhor mãe/ avó do mundo. Só gostaria que todas as mulheres tivessem uma mãe como a minha, juro».

«Quero mesmo é que venha cheio de saúde para o colinho da mamã»

A ex-reality show continua a decisão de resguardar a gravidez do público. «Irei preservar sempre o meu bebé. Tem tempo de aparecer e de ser mostrado. Sei que adorariam ver, mas quem gosta de mim tem que me respeitar», refere.

Texto: Redação Win – Conteúdos Online

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top