Nacional

Pandemia levou-lhe o negócio. Maria João Abreu fecha café em Lisboa

12 Março, 2021

Maria João Abreu viu o seu café/restaurante ser afetado pela pandemia da covid-19 e teve de fechar as portas do estabelecimento.

Os últimos meses têm sido difícieis para Maria João Abreu. Apesar de ter brilhado no pequeno ecrã na série de sucesso “Golpe de Sorte”, da SIC, na qual interpretou a milionária Maria do Céu, a atriz viu o seu café/restaurante fortemente afetado pela pandemia provocada pela covid-19 teve de fechar portas de forma definitiva.

O À da Maria, que era fonte de sustento e gerido pelo filho da intérprete, de 56 anos, Ricardo Raposo, e a nora Rita, situado em Lisboa, teve de ser difinitivamente encerrado. De acordo com uma publicação semanal, o bistrô reabriu no verão, contudo com o agravamento do número de novos infetados e mortos devido ao novo coronavírus, teve de voltar a fechar em novembro do ano passado.

Quatro meses depois, segundo a TV Guia, Maria João Abreu não encontrou perspectivas de manter o negócio aberto, tendo desmontado o café.

Maria João Abreu sofre com morte do pai

Com dificuldade em garantir a sobrevivência dos seus negócios, a atriz enfrentou uma das maiores perdas da sua vida. Em novembro do ano passado, João António de Almeida, pai de Maria João Abreu sucumbiu à covid-19. O luto que se seguiu tem sido doloroso.

“Ainda me magoa muito tê-lo perdido. Penso muito nele e, quando chego a casa, à noite, choro ainda”, contou. Desde então o seu refúgio tem sido o trabalho, mas até nisso sente alguma “uma certa falta de concentração.”  “Hoje, além do texto, tenho de me preocupar com a distância, a máscara e uma série de coisas”, revelou o rosto da ficção da estação de Paço de Arcos à mesma publicação.

O trabalho tem sido o seu refúgio – Maria João Abreu integra o elenco da novela “A Serra” e a sitcom “Patrões Fora” – à semelhança do marido, João Soares. “Quando estou mais em baixo, basta ele puxar-me para o seu lado e abraçar-me, que já ajuda. Mas continuo a chorar, mesmo depois destes meses.”

Atriz envolvida em esquema de burla da mãe de Sara Barradas

Maria João Abreu e o marido foram alguns dos burlados por Felisbela Dias e João Almeida, mãe e padrasto da atriz Sara Barradas. Terá sido a atriz a denunciar o esquema às autoridades, depois de ter ficado sem quase sete mil euros que iria investir numa casa em Sesimbra.

A atriz só descobriu que o negócio não existia no dia da escritura, tal como a maioria das vítimas da mãe e padrasto de Sara Barradas. Até agora, Maria João Abreu ainda não se pronunciou publicamente sobre o assunto.

Leia mais
“À noite, ainda choro”. Maria João Abreu assume estar em sofrimento com a morte do pai

Texto: Alexandre Oliveira Vaz e Patrícia Correia Branco; Fotos: Redes Sociais

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top