Saúde e Bem-Estar

12 Mitos e verdades da menstruação: Ginecologista explica

20 Junho, 2019

Esclareça as dúvidas que ainda pairam no ar sobre o seu período fértil. A maioria não passa mesmo de mitos que foram transmitidos ao longo dos anos.

Quem nunca ouviu falar no tempo das suas avós que lavar o cabelo, andar descalça ou até mesmo confecionar bolos na altura da menstruação é proibido?

Existem muitos mitos e verdades sobre o período fértil da mulher que foram difundidos durante anos e muitas mulheres acreditavam neles piamente. Contudo, a maioria não passa disso mesmo, mitos, e é sobre isso que nos debruçamos no texto a seguir, elucidando algumas das crenças mais comuns, com a ajuda da ginecologista Sílvia Roque:

Leia ainda: Mitos e verdades! Afinal, água com limão faz mal ou não?

Não se pode engravidar durante a menstruação

Mito! A ginecologista explica que, “se for mesmo menstruação não pode engravidar. No entanto, há que ter atenção que, por vezes, pode parecer menstruação e não ser. Pode ser ovulação ou uma hemorragia anormal e a mulher pode engravidar nessa altura.” Agora, também é verdade que os espermatozóides permanecem vivos por 3 dias, ou seja, podem durar até a mulher estar menstruada, o que vai possibilitar, sim, uma fecundação.

Não pode ter relações sexuais durante o período

Mito! Se for confortável para o casal, pode ter relações sexuais.

Sexo durante a menstruação aumenta o risco de contrair doenças sexualmente transmissíveis

Verdade! Isto se o casal não utilizar proteção. O sangue da menstruação contém os nutrientes necessários ao crescimento de bactérias, vírus ou fungos.

O fluxo é igual para todas

Mito! “Nem todas as mulheres têm o mesmo fluxo menstrual, muitas vezes depende do estado emocional e, se estão ou não a fazer métodos contracetivos hormonais. A pílula pode reduzir o fluxo menstrual”, avisa a profissional. Portanto, não se preocupe se o seu período não for igual ao das suas amigas mais próximas.

É proibido praticar atividades físicas

Mito! Aliás, muitos especialistas até recomendam o exercício durante a menstruação para ajudar a reduzir as dores, já que a atividade aeróbica, como caminhar, correr, andar de bicicleta, dançar ou nadar, produz substâncias químicas que ajudam a bloquear a dor.

Virgens não podem usar tampões

Mito! Se for corretamente colocado e com cuidado, o tampão não rompe o hímen.

Andar descalça piora as dores

Mito! As mulheres podem andar descalças e o frio não piora as cólicas. “O que acontece é que a mulher com cólicas está desconfortável e, por vezes, necessita estar mais quente”, explica Sílvia Roque.

Tomar contracetivos seguidos para não menstruar faz mal à saúde

Mito! Por vezes, podem usar a pílula de forma contínua, mas só durante um período de tempo. Existem, no entanto, pílulas específicas para tomar de forma contínua para a menstruação não aparecer. Neste caso, e com estas pílulas, não existe problema, uma vez que são feitas para as mulheres não menstruarem e não faz mal à saúde”.

O clima afeta a menstruação?

Verdade! A mulher pode ficar com hipotensão nos dias muito quentes e ter um atraso na menstruação.

Acne aumenta durante o período

Verdade! Nesta altura, há um aumento dos níveis de progesterona, elevando a oleosidade das glândulas sebáceas da pele. Isto resulta no entupimento dos poros e aparecimento ou agravamento da acne.

Engordamos durante o período menstrual

Mito! O que acontece é que nesta altura há um inchaço na região abdominal devido às alterações hormonais e por vezes há retenção de líquidos. Portanto, durante a menstruação deve-se evitar alimentos ricos em sódio e bebidas alcoólicas.

Fluxos abundantes resultam em anemia

Mito! No geral, um fluxo forte não é causa de anemia. A mulher só se deve preocupar quando o período menstrual durar mais de 7 dias ou se o ciclo menstrual for inferior a 21 dias.

Leia ainda: Os mitos do pós-parto: A vagina fica mais larga? Saiba a resposta

Qual a idade normal?

A primeira menstruação de uma mulher dá-se durante a puberdade, entre os 11 e 16 anos. Se a adolescente tiver uma idade superior a 16 anos e ainda não menstruou, deverá recorrer a um profissional de saúde especializado.

Texto: Raquel Tavares

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top