Atualidade

Joana Sousa Cardoso recorda o cancro que venceu: «Definiu quem sou»

27 Outubro, 2017

Joana Sousa Cardoso recorda o cancro que venceu: «Definiu quem sou» Joana Sousa Cardoso recorda o cancro que venceu: «Definiu quem sou»

Lutou e venceu um cancro da mama que descobriu aos 26 anos. Não desistiu de viver e, apesar do tumor ser hormonodependente, arriscou voltar a ser mãe. Não se arrepende de nada. «Tudo valeu a pena».

Foi em 2009 que Joana Sousa Cardoso descobriu que tinha cancro na mama. Um momento que nunca vai esquecer. «Foi um momento marcante na minha vida, que me define. Não sei como seria enquanto pessoa se não tivesse passado por isto».

A arquiteta esteve no chá solidário Anjelif em parceria com o Fundo iMM-Laço onde fez questão de recordar a doença e de dar um exemplo positivo. «Hoje parece que o cancro é transversal a todos nós, mas na altura, ou não se falava muito sobre o assunto, ou havia menos doentes. O facto de eu ter aparecido aos 26 anos, doente, a dar a cara por uma doença que atingia mulheres mais velhas, sem nunca ter usado cabeleireira, passando uma imagem de que era possível passar por isto com sucesso… Apesar de termos sempre receio de não viver muito mais, de ficarmos mais gordas com a quimo e a radioterapia, de ficarmos sem cabelos e sem pestanas… Tudo isto assusta, mas nós conseguimos ultrapassar. Eu sou a prova viva, contra todas as expetativas», solta, adiantando com um sorriso: «Tive agora a minha Olívia, que tem quase um ano de vida, e é o meu pequeno grande milagre».

O cancro da ex-mulher de Mico da Câmara Pereira é hormonodependente. Portanto, ser mãe era totalmente desaconselhado. Mas Joana acreditou sempre que era possível. «Tenho de fazer exames redobrados, por que o meu tumor é hormonodependente, nem era aconselhável ter a Olívia, mas eu acreditei e tudo correu bem. Todos os exames que já fiz estão bem, mas de seis em seis meses, para o resto da vida, terei de ser vigiada».

Mas isso não a preocupa. Aliás, tranquiliza-a porque, até agora, «valeu tudo a pena. Posto todos estes fatores, passados oito anos da doença, estar aqui com uma nova vida, uma filha. Valeu tudo a pena. Valeu a pena o esforço, tudo aquilo pelo que tive de passar, valeu a pena ter este sorriso sempre na cara».

Hoje, ao lado de Amâncio Santos, instrutor de fitness, Joana diz ser uma mulher diferente. «Com tudo o que já experienciei na vida, acredito que sou uma melhor pessoa, mais atenta, mais digna». Também como mãe, a atitude da arquiteta mudou. «Sou uma mãe diferente porque tenho mais 13 anos do que tinha na altura». Olívia é a segunda filha de Joana Sousa Cardoso que é também mãe de Afonso, fruto do casamento que viveu com Mico da Câmara Pereira.

Outubro, o mês Rosa

Recorde-se que outubro é o mês Rosa. O movimento Outubro Rosa nasceu nos Estados Unidos, na década de 1990, para estimular a participação da população no controlo do cancro da mama. A data é celebrada anualmente com o objetivo de promover a consciencialização sobre a doença e partilhar informações. Um pouco por todo o mundo, durante este mês, a cor rosa alastra-se com o objetivo de permitir sensibilizar a população para a temática da prevenção e diagnóstico precoce do cancro da mama.

Portugal não é excepção e este ano a Onda Rosa alastrou um pouco por todo o país. Também chegou à nossa redação que se juntou a esta causa. Veja o vídeo.

Texto: SSS; Fotos: Nuno Moreira

Leia mais artigos em destaque:

Diogo Piçarra reage a foto da namorada em topless
Divulgados pormenores da tortura da menina assassinada pelo tio
Divulgados pormenores da tortura da menina assassinada pelo tio
Cristiano Ronaldo revela data de nascimento da filha!
Cristiano Ronaldo revela data de nascimento da filha!
Sofia Sousa apela desesperada pela filha
Sofia Sousa apela desesperada pela filha
Fique a conhecer o quarto da filha de Bernardina Brito!
Fique a conhecer o quarto da filha de Bernardina Brito!

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0